Cabo Ledo

Voltámos a Cabo Ledo, desta vez para passar o fim de semana. Ficámos numa pousada bem agradável, mesmo em cima da praia. O sábado tinha começado chuvoso, mas quando chegámos ao nosso destino o tempo já estava bom. Ficámos na praia até anoitecer, tomando banho e brincando com a Sharon. O pôr-do-sol foi lindíssimo, tingindo o céu de uma paleta de cores mágicas, do azul profundo ao laranja, passando por uma gama magnífica de violetas.

No domingo o dia estava radioso, o melhor que já apanhámos aqui. A estadia só foi estragada por causa do péssimo serviço do restaurante da pousada, sobrecarregado de clientes e sem pessoal capaz de dar vazão ao serviço. Ainda há um longo caminho a percorrer até os empresários angolanos poderem aproveitar plenamente o potencial turístico que têm nas mãos. No regresso passámos pela aldeia de pescadores para comprar peixe. Já não havia mas ainda arranjámos dez quilos de lagostas, retiradas do viveiro no mar directamente para a nossa arca congeladora.

Estes artigos talvez lhe interessem

Deixe a sua opinião ou comentário:

%d bloggers like this: