Equador

Estou, finalmente, a ler “Equador”, de Miguel Sousa Tavares. O tal livro que toda a gente comenta que daria um grandioso filme épico português, ou uma excelente mini-série ao jeito das saudosas “jóias da coroa” da BBC, houvesse no nosso paí­s dinheiro e know-how para o adaptar.

Dinheiro, é improvável que cheguemos lá com um mí­nimo de dignidade; a amplitude da história, a diversidade geográfica – Lisboa no iní­cio do século XX, a S. Tomé colonial do cacau e do café, a índia exótica da rainha Vitória – e a sua complexidade temática, histórica e polí­tica, não se compadecem com adaptaíões â€œí  la moita flores”. Know how, pelo contrário, talvez até tivéssemos, escolhidas as pessoas certas para o projecto. Pelo que já li do livro – vou mais ou menos a meio – não me importaria de dar uma pequena contribuiíão.

Estes artigos talvez lhe interessem

Deixe a sua opinião ou comentário: