Preços

Os preços de Luanda são absurdos. Está absolutamente fora de questão comer fora com a mesma frequência com que o fazemos em Portugal.

Felizmente temos cozinheira, o que nos permite almoçar e jantar normalmente em casa, reservando as saí­das para ocasiões mais especiais, ao fim de semana.

Mas mesmo este sistema não sai barato. Os preços nos supermercados são igualmente muito elevados. Por exemplo, uma garrafa de azeite custa oitocentos e tal kuanzas, mais de oito euros.

Estamos agora a descobrir outros fornecedores. Já compramos fruta na rua, às vendedoras ambulantes, e a Lu aventurou-se a ir com a cozinheira a um mercado na ilha de Luanda, para comprar peixe. Trouxe uma garoupa enorme, fresquí­ssima, que deu para várias refeições, por um preço inferior ao que encontrarí­amos no supermercado.

Estes artigos talvez lhe interessem

Deixe a sua opinião ou comentário:

%d bloggers like this: