Escrita

Estou a trabalhar na reescrita de uma série de televisão para a RTP, passada entre Portugal e Angola, no tempo presente e durante a guerra colonial. Lembraram-se de mim por causa do último guião que escrevi para o canal 1 (o telefilme “29 Golpes” da série “Amores”) e por estar aqui a viver em Luanda.

É apenas uma reescrita, mas vai manter ocupada a minha fome de escrever durante os próximos tempos. O realizador, Jorge Queiroga, vem em Abril a Luanda. Já trabalhei com ele num dos telefilmes da SIC e demo-nos muito bem. Agora vou ter o prazer de lhe servir de cicerone aqui em Angola, pelo menos durante os dias que ele passar na capital. Depois vai ter de sair à procura de uma fazenda da época colonial, um dos principais decores da série. Infelizmente não vou poder acompanha-lo nessa fase do trabalho, que com certeza será a mais interessante da sua estadia aqui.

Estes artigos talvez lhe interessem

Deixe a sua opinião ou comentário: