O vatapá da Cidinha

Hoje temos uma festa e a Luzia trouxe uma amiga – a Aparecidinha – para fazer um vatapá portentoso. Aqui fica a receita, ilustrada passo a passo, para benefício das massas (não indico quantidades, mas cozinheiros experientes não terão dificuldade em acertar nas proporções…).

Aparecidinha

A Cidinha, cozinheira de mão cheia, e a D. Eva ao fundo.

  • Põe-se o pão de molho em leite e leite de coco.

O pão de molho

O pão demolhado – neste caso é muito.

  • Coze-se o camarão fresco com sal e limão.
  • Descasca-se o camarão seco, tendo o cuidado de reservar as cabeças.
  • Em óleo de palma (dendê) faz-se um refogado com bastante cebola, pimento verde, pimentos pequenos, picantes, tomate, coentros, cebolinho e chicória, tudo muito bem picado.
  • Neste refogado frita-se o camarão seco e o fresco já cozido, deixando apurar.

Refogado

O refogado…

…e o camarão

… a que se junta o camarão.

  • Entretanto moem-se numa batedeira, com água, as cabeças dos camarões secos, a que se retiraram os olhos, para não amargar. Coa-se e junta-se ao pão demolhado, mexendo bem.
  • Bate-se o pão demolhado na batedeira até fazer um creme não muito líquido, e junta-se ao refogado de camarão, misturando bem.

Tudo junto

Tudo junto. Agora é só esperar até estar pronto.

  • Deixa-se cozinhar durante 40 minutos, até secar um pouco e começar a soltar das paredes da panela. Acompanha com arroz branco, soltinho, e cerveja bem gelada. Bom proveito.

Um comentário em “O vatapá da Cidinha”

Deixe a sua opinião ou comentário: