Churrasco de peixe

Quem fala mal dos peixes de rio devia vir prová-los no Amazonas – é uma outra realidade que não tem nada a ver com os peixes gordos e insípidos que, salvo raras excepções, enchem as nossas águas fluviais.

Os nomes dos peixes locais são só por si uma promessa de experiências exóticas: tambaqui, pirarucu, tucunaré, pacu, só para falar nos mais populares. Nas mãos de um churrasqueiro emérito como o meu cunhado Ney transformam-se numa aventura culinária de primeira grandeza.

Ney

Meu cunhado Ney, churrasqueiro de primeira água.

Tambaqui

Uma banda de tambaqui espera a vez de ser assada no grelhador.

Ventrecha a marinar

Uma ventrecha (barriga) de pirarucu a marinar em molho coreano. Tem vagas semelhanças com a barriga de atum.

No grelhador

O tambaqui no grelhador. O Ney espalha a gordura do próprio peixe para lhe dar mais sabor.

Tambaqui preparado

O tambaqui já terminado…

Ventrecha terminada

… e a ventrecha pronta a degustar.

Estes artigos talvez lhe interessem

2 comentários

  • Jorge 05/05/2010   Deixe uma resposta a →

    Mande todas as receitas que puder para churrasco de peixe, incluindo temperos, molhos, etc… Inclua os melhores peixes e variedades.
    quero fazer mas não sei como.
    Obrigado

  • jose da piedade e silva 16/12/2010   Deixe uma resposta a →

    Ô cunhadão do Ney, não vale exibir os post sem as receitas, senão é pura sacanagem, tá?
    Tô aguardando.
    Feliz Natal para Você e Sua familia.

Deixe a sua opinião ou comentário:

%d bloggers like this: