Dois excelentes livros de guionismo

Trouxe do Brasil dois livros belíssimos que recomendo sem hesitações. Um é já um clássico; o outro um recém-chegado irreverente. Refiro-me a "A linguagem secreta do cinema", de Jean-Claude Carrière, e ao "Manual de roteiro, ou manuel, o primo pobre dos manuais de cinema e tv", de Leandro Saraiva e Newton Cannito.

O primeiro, escrito por um dos mais conhecidos e respeitados argumentistas europeus (colaborador de Buñuel, Polansky, Milos Forman, entre tantos), é uma breve mas riquíssima meditação sobre a arte e o ofício dos guionistas, cheia de reflexões, episódios e experiências do autor. Numa tradução exemplar recorda-nos, entre muitas outras coisas que "Para nos resgatar do esquecimento, para desviar-nos de nossa rotina, só temos a nossa imaginação".

O segundo, escrito por dois autores envolvidos com o Workshop de Roteiro da série "Cidade dos Homens", propõe uma abordagem informal mas completa e rigorosa, sem regras fáceis, à escrita de guiões para cinema e tv. A sua metodologia, conforme explicado na introdução, é "pôr em foco conjuntos de problemas que surgem no trabalho de construção do roteiro, como se cada capítulo fornecesse "lentes" específicas que permitissem ver determinado espectro de questões".

Enquanto as livrarias portuguesas não descobrem estas duas preciosidades, tente adquiri-las pela net, ou crave os seus amigos que forem de férias ao Brasil. Acredite que tanto um como o outro valem bem o esforço.

Deixe a sua opinião ou comentário: