E se os argumentistas portugueses também fizessem greve?

A associação dos guionistas americanos, Writers Guild of America, está em negociações com os produtores por causa de um novo contrato colectivo que dê aos guionistas mais dividendos sobre as diferentes formas de exploração audiovisual dos seus trabalhos: dvd’s, internet, etc. Aparentemente o impasse nas negociações pode terminar com uma greve.

Na sequência dessas notícias a PF:tv resolveu confontar alguns guionistas nacionais com uma hipótese provocatória: o que aconteceria se os guionistas portugueses fizessem greve?

Pode ver as respostas do Nuno Artur Silva e do Rui Vilhena nesta página. Quanto a mim, o melhor que consegui arranjar foi isto.

 

 

Não se assuste, dura só minuto e meio.

4 comentários em “E se os argumentistas portugueses também fizessem greve?”

  1. A negociação entre produtores e argumentistas vai complicada…

    http://news.bbc.co.uk/2/hi/americas/7072419.stm
    Talks fail to end Hollywood row
    Hollywood screenwriters and producers have failed to resolve a contract dispute at last-ditch talks.
    The failure means the writers may stage a strike that could cripple production of many television programmes.
    Studios have stockpiled scripts, but they will have no writers for comedy programmes that depend on topical gags.

  2. Peço-vos que não se atrevam. Greve Nunca!!!
    Vi hoje o debate do Orçamento Geral do Estado. Gostei muito.
    Que seria de nós sem aquela peça fantástica que, hoje mesmo, abrilhantou toda a tarde televisiva. Ri a bandeiras despregadas!
    A menos que tudo aquilo que vi seja verdade. Não acredito, claro.
    É que, a ser realidade, a ficção pode estar em maus lençóis.
    Por favor. Nada de Greve.
    Amanhã quero continuar a ver o “programa”.

Deixe a sua opinião ou comentário: