Deitem fora o Internet Explorer

Alertaram-me hoje para o facto de algumas versões do Internet Explorer reproduzirem deficientemente o novo visual do meu site. Para dizer a verdade, nunca me dei bem com o Explorer; mesmo o design anterior, que era muito mais simples, era lido pelo Explorer com vários erros. Nesse caso, contudo, os erros eram relativamente insignificantes; agora, aparentemente, são catastróficos.

Para saber do que estavam a falar recorri a um site que permite ver como uma determinada página é interpretado por vários browsers diferentes, nas principais plataformas. E confirma-se o que me tinham dito – qualquer tentativa de ver joaonunes.com com um Internet Explorer para Windows anterior à versão 7 dá resultados entre o meramente ridículo e o apocalíptico.

ie55-windows.jpg firefox2-windows.jpg

Como o Explorer deveria ver o meu site (Firefox 2)… e como o vê realmente (IE 5.5).

A explicação, ao que me asseguram, tem a ver com a forma como as versões anteriores do Internet Explorer lêem (ou melhor, não lêem) as folhas de estilo de CSS, que definem as características de apresentação dos sites mais modernos. Os web designers de todo o mundo queixam-se do monstro, e partilham truques para o enganar e levar a ver as páginas com mais ou menos respeito pelo design original.

No meu caso, o que é que posso fazer? Mudar o design? Nem pensar nisso; deu-me demasiado trabalho há demasiado pouco tempo. Ainda para mais, os resultados estão a ser positivos e as críticas animadoras. Alterar o CSS do blogue para o adaptar às idiossincrasias e manias do Internet Explorer? Não tenho conhecimentos suficientes para isso, nem tempo, nem sequer paciência. Resta-me uma única alternativa: sugerir a todos os internautas que, por alguma razão, ainda estão no século passado, para actualizarem o seu Internet Explorer para as versões mais recentes. Ou, melhor ainda, deitá-lo fora de uma vez por todas e adoptar o Firefox ou o Safari, ambos gratuitos, ambos eficazes e, sobretudo, ambos muito mais amigos de joaonunes.com.

Estes artigos talvez lhe interessem

2 comentários

Deixe a sua opinião ou comentário:

%d bloggers like this: