Uma senhora massagem ao ego

Um telefonema de um amigo alertou-me esta tarde para a novidade: a revista Premiere de Novembro traz uma valente massagem ao meu ego dorido de guionista português. Obviamente tentei fingir-me desinteressado e manter uma atitude "cool" mas, logo que pude, corri para a banca de jornais mais próxima, procurei uma capa com Daniel Craig (que outra poderia ser?) e abri a boca, estarrecido com a chamada de capa: "Especial 13 argumentistas de peso".

Capa revista Premiere

É certo que o meu são 86 quilos, mas isso não me deixa minimamente preparado para o que encontrei no interior: o meu nome entalado no meio de luminárias como Joe Eszterhas (o autor do meu filme favorito de todos os tempos em que a Sharon Stone cruza as pernas, "Taxi Driver" "Basic Instinct"), Charlie Kaufman ("Being John Malkovitch", entre tantos outros) e Guillermo Arriaga ("Amores perros" e "Babel", é preciso dizer mais?), sob o título "13 mentes brilhantes".

É óbvio que o exagero desta proximidade com os grandes da profissão nasce da vontade de colocar um guionista português no artigo, mas, mesmo assim, esta massagem ao ego, assinada pelo José Vieira Mendes, com quem, fique bem claro, só falei uma vez[1] soube-me melhor do que seria correcto admitir.

Desta forma, e porque acredito que não vai afectar as vendas da Premiere, a quem desejo muita sorte e, sobretudo, que continue a dar destaque ao trabalho dos guionistas, não resisto a publicar aqui o recorte da parte relevante do artigo.

artigo da revista Premiere

Notas de Rodapé

  1. a propósito de algumas fotografias minhas da rodagem de "A Selva" que a Premiere  publicou há uns anos atrás[]

Estes artigos talvez lhe interessem

6 comentários

  • Will Gama 12/11/2008   Deixe uma resposta a →

    Parabéns meu!!!!!!!! Tu mereces e vê se deixas a modéstia de lado porque estás a fazer por merecer, já sabe que ganhar festivais e fazer o filme “perfeito” são apenas detalhes, o importante é continuar a trabalhar no que tens paixão e o aprimoramento vem com o tempo. SORTE e siga em frente.

  • Muitos parabens pela distinção João. Sou um grande fã do teu blogue e visito-o regularmente em busca da nova técnica que tens para ensinar. Continua com o bom trabalho.

    PS – desculpa o reparo mas o autor do guião de Taxi Driver é Paul Schrader e não Joe Eszterhas:)

  • João Nunes 13/11/2008   Deixe uma resposta a →

    Will,
    obrigado, mas tu és suspeito nesses cumprimentos e parabéns. Amigos e família só contam a 50%…;-)
    *********
    Luis,
    obrigado. Saber que há pessoas que apreciam o resultado de muitas noites fora de horas passadas aqui à frente do computador é a melhor recompensa.
    Quanto ao Taxi Driver, tens toda a razão. Acho que o abalo de ler o artigo foi maior do que imaginei ;-) Mas já está corrigido…

  • João, acho é que não resististe a criar um mito só comparável ao do Ferrari vermelho na corrida de quadrigas do Ben-Hur: a partir de hoje, vai andar tudo a perscrutar o Taxi Driver à procura do cruzar de pernas da Sharon Stone ;-)

    Um abraço e parabéns!

  • Luna 13/11/2008   Deixe uma resposta a →

    À algum tempo sigo o seu site como uma sebenta. Tenho três ideias para três filmes, garanto-lhe, nunca sairão do caldeirão. Alegro-me quando alguém materializa a fantasia à escala guião:filme e vive as cenas vivas do protagonista, aplaudido no projecto real.
    Encontramo-nos na tela. Continue a investir na obra.
    Não tenha medo de ser uma estrela a decorar o silêncio.
    Felicidades para os cargos que ocupa.
    Merece o reconhecimento, ainda se torna mais responsavel se vier de colegas de profissão.
    Peço-lhe, continue a partilhar com esta escuridão sem rosto, fãs da seu ofício.

  • Gué 15/11/2008   Deixe uma resposta a →

    Ora aí está. Mais nada.
    Mas também não acho q seja nada assim de tão surpreendente, ou simplesmente justo ou normal de se falar numa revista de cinema em Portugal… mas enfim. Estamos em… Portugal e estas coisas não são assim tão lineares. Para se ser notado e falado tem q se ser mesmo bom – por isso, muitos parabém Janzé!
    Até q dá direito a uma churrascada de picanha num destes dias, não? :)
    Grande abraço

Deixe a sua opinião ou comentário: