Perguntas e Respostas: como comportar-se numa reunião de pitch

 

Sou mais uma entre milhares de argumentistas em busca do primeiro trabalho. Daqui a dias terei uma reunião com um representante de uma produtora nacional para uma conversa sobre uma ideia e projecto desenvolvido por mim. Como se calcula, existem nervos e expectativas misturados até ao tutano. Quero dar o meu melhor mas não sei bem como funciona este tipo de 'entrevista', quase. Obviamente que vou com um discursso pensado e coerente. Mas não quero de todo, chegar ao fim com o sabor de que poderia ter defendido melhor a minha ideia. Achas que devo fazer algum power point ou uma apresentação com outro tipo de suporte? Ou por outro lado, um discurso articulado basta? – – Márcia

Olá Márcia, alguns conselhos óbvios:

Conheça a sua estória de trás para diante, sem hesitações. Prepare-a em vários 'formatos': resumida numa só frase; explicada num parágrafo; contada com um pouco mais de detalhe; e desenvolvida com todo o detalhe possível. Depois vá adaptando conforme o decorrer da reunião.

Não é comum apresentar 'powerpoints', mas já li relatos de argumentistas que levam para essas reuniões de 'pitch' (é assim que se chamam nos EUA) suportes visuais, como quadros com as cenas fulcrais do filme, ou imagens evocativas, etc. Mas o importante é que se sinta confortável com a sua apresentação.

Tão importante como estar bem preparada, é mostrar entusiasmo com o projeto. Se não passar a ideia de que acredita na sua estória, e de que você é a pessoa certa para a escrever, como é que vai convencer alguém disso? Não se esqueça de que um produtor está a avaliar duas coisas: a ideia que lhe está a apresentar; e como será trabalhar consigo. Tem de lhe dar confiança nesses dois aspectos.

Finalmente, coisas práticas: vista uma roupa com que se sinta confortável; chegue adiantada ao local da reunião, para não entrar afogueada; reserve alguns minutos antes para se acalmar e rever a sua abordagem.

Durante a reunião mantenha-se calma. Há mais produtoras, e mais oportunidades, e se o seu guião for bom há-de chamar a atenção de alguém. Se estiver muito nervosa olhe para os seus interlocutores e tente imaginá-los em roupa interior. Nada melhor para colocar um sorriso na sua cara, e ajudá-la a descontrair. Comigo funciona…

Seja flexível e adapte o seu 'pitch' às questões que lhe forem colocando. Enquanto a deixarem falar, vá acrescentando detalhes. Mas se vir que não está a conseguir passar a ideia, não insista demasiado. Mesmo que eles não gostem do projeto, é importante que gostem de si para outras coisas. Passar imagem de chata não ajuda.

Se deixar algum documento escrito – uma sinopse, ou tratamento – certifique-se de que não tem erros e está bem escrito, está bem impresso, tem cópias suficientes, e inclui os seus contactos. E não deixe nenhum guião sem o registar primeiro numa entidade como o IGAC (em Portugal).

Depois da reunião, resista à tentação de telefonar logo no dia seguinte a saber resultados. Envie um email a agradecer a oportunidade e espere algum tempo antes de voltar a ligar. Aproveite esse tempo para fazer outros contactos, ou começar outros projectos.

Boa sorte para a sua reunião. E se correr bem, deixe aqui um comentário.

4 comentários em “Perguntas e Respostas: como comportar-se numa reunião de pitch”

  1. Boa tarde, João Nunes.

    Registei um argumento e story line há 6 meses no IGAC (pedido diferido, mas falta ainda o GUIÃO) e enviei-o para uma produtora. Liguei para lá em Janeiro e disseram que estavam interessados e que estava a ser analisado pelas produtoras executivas. Falta-lhes um elemento de análise que é o GUIÃO.
    Na altura disseram-me que se estivessem interessados que me mandariam um email para contactarem-me. Ainda não aconteceu. Entretanto em Abril mandei-lhes um email a perguntar-lhes informações sobre como estava a decorrer o processo de análise, se precisavam do GUIÃO, mas não me responderam. Voltei algum tempo depois a fazer o mesmo e também não me deram notícias.
    Qual o tempo médio de resposta de uma produtora a um projeto de cinema? Quer de manifestação de interesse ou desinteresse? Só me comprometi com esta produtora em relação ao projeto, mas não perdi a oportunidade de submeter o meu projeto à RTP para consulta. Escolhi aquela produtora, mas só é sensato enviar o mesmo projeto a outra produtora se a anterior produtora me manifestar expressamente que não está interessada ou o silêncio de 5 meses já quer dizer alguma coisa?
    Com os melhores cumprimentos,
    David Silva

Deixe a sua opinião ou comentário: