Perguntas e Respostas: usar a voz de narrativa

Apro­veito para dei­xar uma per­gunta que não sei em que tópico será mais apropriada. Estou a escre­ver uma curta-metragem para a facul­dade onde o pro­ta­go­nista faz uma nar­ra­ção numa mudança de cenas, mas não sei como se deve escrever.
Exem­plo:
01- Ext. Santa Justa. Noite
Bianca corre em direc­ção a Toni e mata-o.
(Bianca narra: “Para per­ce­be­rem, isto foi o que aconteceu…”)
02- Int. Clínica. Noite
Bianca acorda sem memó­ria, etc.

— Rute

Rute, se bem entendi a situação que quer descrever, não é muito complicado escrevê-la. Basta recordar estes pontos:

  • É normal não numerar as cenas dos guiões nas versões 'de leitura', deixando a numeração apenas para as versões de produção, os chamados 'shooting scripts'. Deixo isso à sua escolha.
  • Dar uma descrição mínima, mas eficaz, dos personagens mais importantes, da primeira vez que são apresentados. Nessa altura, dar também destaque ao nome dos personagens na acção, escrevendo-os em maiúsculas.
  • Descrever apenas as acções que podem ser filmadas, com o pormenor necessário e suficiente para serem bem interpretadas por quem lê. Por exemplo, nunca diríamos, num guião, 'Bianca acorda sem memória', porque isso não é filmável. O que é filmável, isso sim, são acções concretas (ou diálogos) em que se dê a perceber que o personagem está sem memória.
  • O mesmo para os sons; qualquer som (que não seja diálogo) e que seja importante para a estória, deve ser descrito na acção.
  • Também os efeitos especiais devem ser destacados na descrição.
  • Para identificar uma voz de narrativa, ou seja, uma voz que ouvimos mas que não corresponde a nenhum personagem em cena, é costume dar a identificação (V.O.) a seguir ao nome do personagem a quem corresponde essa voz. (V.O.) significa 'voice over' ou 'voz off'. Em Portugal já me pediram em alguns guiões para escrever simplesmente (OFF).
  • Finalmente, pelo seu exemplo parece-me que na cena dois estamos a regressar no tempo. Nesse caso trata-se de um 'flashback', que deve ser indicado no guião.

Teríamos então alguma coisa como isto:

EXT. SANTA JUSTA – NOITE

Santa Justa está praticamente vazia a esta hora avançada.

BIANCA (30), baixa e gordinha, vestida com um fato de treino de hipermercado, corre com uma agilidade surpreendente.

A única coisa que a distingue de uma vulgar corredora de fim-de-semana é que, na mão direita, leva uma PISTOLA pequena.

BIANCA (V.O.)

Para perceberem o que se passou nessa noite...

Um homem caminha lentamente. Ao ouvir O SOM DOS PASSOS que se aproximam ergue a cabeça do chão. É IVAN(40), vestido como um corretor da bolsa que tivesse sido despedido há uma semana e ainda não tivesse ido a casa trocar de roupa. Pára e vira-se para trás, deparando-se com...

... o cano da pistola de Bianca apontada para ele.

BIANCA (V.O.)

...é preciso saberem tudo o que se passou antes.

A boca do cano ilumina-se com um DISPARO, que ECOA no espaço vazio.

CORTA PARA FLASHBACK:

FLASHBACK – INT. CLÍNICA – DIA

Bianca abre bruscamente os olhos, como se acordasse de um pesadelo. Senta-se na cama, num movimento de mola.

BIANCA (V.O.)

Mais precisamente, tudo o que aconteceu no dia do meu acidente.

Bianca olha em redor, confusa. E segue a descrição por aí adiante, respeitando as 'regras' que referi acima.

2 comentários em “Perguntas e Respostas: usar a voz de narrativa”

  1. Olá João! Estou com uma dúvida parecida. Qual a terminologia correta (V.O.) ou (O.S.) quando uma personagem que está em cena está pensando? Ouvimos sua voz, mas seus lábios não se movem, são pensamentos. Qual é o correto a se utilizar?

    Obrigada!

    1. Use o (V.O.) – voice over, voz sobreposta.
      (O.S.) só se usa quando o personagem que fala está na cena mas off screen, fora de campo.

Deixe a sua opinião ou comentário: