≡ Menu
E assim chegamos aos 1000 artigos - com mais um passatempo
1000 imagem

Com o post de hoje de manhã este blo­gue che­gou aos mil arti­gos. É um número especial.

Foto­gra­fia: © Ha-​​r-​​bin

Quando come­cei a escre­ver aqui, há cerca de seis anos atrás, o obje­tivo era ape­nas regis­tar algu­mas impres­sões sobre a minha esta­dia em Angola. Os arti­gos dos pri­mei­ros meses refle­tem isso mesmo.

Só mais tarde, com o regresso a Por­tu­gal, o blo­gue tomou o rumo atual: infor­ma­ção sobre gui­o­nismo, cinema — e outras coi­sas da vida.

Hoje os lei­to­res podem encon­trar aqui um grande número de arti­gos ori­gi­nais, espe­ci­al­mente sobre gui­o­nismo, e uma miríade de liga­ções para arti­gos rela­ci­o­na­dos com os temas que me inte­res­sam. Quem queira explo­rar um pouco os arqui­vos do blo­gue vai encon­trar muita infor­ma­ção inte­res­sante, útil e diver­tida – acho eu.

Mil agradecimentos

No iní­cio deste ano o blo­gue deu um passo impor­tante com a che­gada de duas cola­bo­ra­do­ras volun­tá­rias, a Nélia e a Grace. Cada uma delas tem  acres­cen­tado o seu ponto de vista ori­gi­nal sobre a atu­a­li­dade des­tes temas, par­ti­cu­lar­mente em Por­tu­gal e no Brasil.

Às duas quero dei­xar aqui publi­ca­mente, uma vez mais, o meu grande agradecimento.

Mas a quem eu devo estar ainda mais agra­de­cido é a todos os lei­to­res que me têm recom­pen­sado com a sua paci­ên­cia e aten­ção. Desde que come­cei a man­ter as esta­tís­ti­cas do blo­gue já regis­tei mais de meio milhão de page views. É obra, para um pequeno site sem pre­ten­sões nem apoios.

Assim, quero apro­vei­tar tam­bém esta opor­tu­ni­dade para agra­de­cer a todos os lei­to­res do blo­gue e, muito espe­ci­al­mente, a todos os que têm con­tri­buído para o enri­que­cer com os seus comen­tá­rios, per­gun­tas e sugestões.

Sei, tam­bém, que aos pou­cos o blo­gue se tem vindo a afir­mar como um recurso de refe­rên­cia para todos os estu­di­o­sos de gui­o­nismo em lín­gua por­tu­guesa. Prin­ci­pal­mente por­que não há muita con­cor­rên­cia, mas tam­bém, quero crer, por­que temos con­se­guido publi­car alguns arti­gos úteis para quem está a come­çar ou a aperfeiçoar-​​se nes­tas lides da escrita audiovisual.

Apro­veito pois para refor­çar a minha pro­messa de ter­mi­nar o curso de gui­o­nismo e de con­ti­nuar a publi­car regu­lar­mente arti­gos téc­ni­cos sobre a escrita e os pro­ble­mas que afe­tam os auto­res. Estou ansi­oso para che­gar aos 2.000 artigos.

E para terminar, um passatempo

Para come­mo­rar esta efe­mé­ride, e depois de dis­cus­são com as minhas que­ri­das cole­gas, deci­di­mos fazer mais um pas­sa­tempo de escrita.

Desta vez o tema é o número 1000.

Escre­vam e enviem uma cena ou pequena sequên­cia de cenas (não mais de três ou qua­tro pági­nas, por favor) em que o número 1000 tenha um papel crucial.

O tema, género ou estilo é abso­lu­ta­mente livre, mas só serão con­si­de­ra­das as cenas que venham no for­mato cor­reto de guião, e em fichei­ros .pdf.

A data limite para a entrega será o dia 15 de Agosto e os tra­ba­lhos devem ser envi­a­dos para este email: joao@​joaonunes.​com

O pré­mio, deci­dido entre nós três, será este livro .

Resu­mindo:

  • Uma cena ou sequência
  • Máximo 4 páginas
  • Tema e género livres
  • O número 1000 terá de estar no cen­tro da estória
  • Pdf em for­mato de guião correto
  • Data limite: 15 de Agosto
  • Enviar para joao@​joaonunes.​com
  • Um pré­mio tentador

Fico à espera dos vos­sos mini-​​guiões. E, mais uma vez, obri­gado a todos.

Acerca do autor: João Nunes é um autor, guionista e publicitário que divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal. Conta com mais de 3000 páginas de guiões produzidas sob a forma de longas metragens, telefilmes, e dezenas de episódios de séries de televisão.

2 comentários… add one

  • berni ferreira 13/08/2011, 19:36

    Não devia ser tão gentil, João :P Acho que os leitores do blogue é que lhe devem agradecer a si! É que este blogue continua a ser a melhor fonte de informação sobre guionismo em Portugal e, estando disponível e aberta à participação de todos os interessados, não se poderia pedir muito mais!

    Parabéns ao blogue e aos três bloggers! Continuem o bom trabalho!

    • João Nunes 15/08/2011, 19:45

      Obrigado, Berni. Mas se não tivesse leitores e feedback positivo, possivelmente já teria desistido há muito.

Partilhe aqui as suas ideias e experiência