Toy Story 3 – para quem gosta ou não de animação

Até quem não gosta muito de animação se rendeu aos encantos de Toy Story 3. Basta dizer que o filme foi eleito por ninguém menos do que Quentin Tarantino, como melhor filme do ano de 2010. O longa é dirigido por Lee Unkrich, com roteiro adaptado por Michael Arndt, vencedor do Oscar de melhor roteiro com Pequena Miss Sunshine. Nessa edição, Toy Story 3 concorre como melhor filme, melhor roteiro adaptado e melhor animação, categoria na qual é favorito.

A história conta a trajetória do cau­bói Woody e do herói espacial Buzz Lightyear, quando o dono Andy está com 17 anos e às vésperas de entrar para universidade. O encanto do filme deve-se muito ao roteiro em que os brinquedos vivem sensações tão humanas que dão arrepios em quem está assistindo. 

O roteirista Michael Arndt, adaptou a história de John Lasseter, Andrew Stanton e Lee Unkrich. Em uma entrevista ele conta que passou três anos escrevendo e reescrevendo Toy Story 3, e não mudaria uma única coisa no resultado final.

O trabalho de reescrita fica visível na sequência que eles chamaram de “crescidos” (quando Woody convoca uma reunião). “Eu fiz 60 versões diferentes daquela cena antes de arrumarmos a definitiva. Foi uma das cenas que eu mais reescrevi”, confessa.

Vamos ver se os votantes do Oscar também se renderam a animação. 

Estes artigos talvez lhe interessem

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: