≡ Menu
Escreva os seus guiões no novo editor de texto Highland
screenshot Highland

O ame­ri­cano John August, além de ser um dos gui­o­nis­tas mais conhe­ci­dos e con­cei­tu­a­dos no seu mer­cado, é um geek de alma e cora­ção. Nos tem­pos livres entre guiões tem desen­vol­vido pro­je­tos de soft­ware para gui­o­nis­tas que vão desde o pro­grama Bron­son Water­mar­ker ao tipo de letra Cou­rier Prime.

Atra­vés da sua empresa Quo­teun­quote Apps lan­çou agora a ver­são final do soft­ware High­land, para Mac, que ofe­rece três funcionalidades:

  • Escre­ver guiões usando a lin­gua­gem Foun­tain e exportá-​​los para os for­ma­tos PDF ou Final Draft;
  • Der­re­ter” PDF’s, transformando-​​os em arqui­vos Final Draft ou Foun­tain, editáveis;
  • Abrir fichei­ros Final Draft, exportando-​​os como PDF ou convertendo-​​os em arqui­vos Foun­tain, edi­tá­veis com qual­quer edi­tor de texto.

High­land apresenta-​​se assim como um ver­da­deiro cani­vete suíço da escrita de guião, per­mi­tindo con­ver­sões em todos os sen­ti­dos entre os prin­ci­pais for­ma­tos da indús­tria: o Final Draft e os PDF’s cri­a­dos por qual­quer pro­ces­sa­dor de texto, e fichei­ros em lin­gua­gem Foun­tain.

Estes últi­mos não são mais que fichei­ros de texto sim­ples que podem ser aber­tos em qual­quer edi­tor de texto básico, em qual­quer pla­ta­forma: PC ou Mac, iOS, Android, etc.

Veja­mos alguns cená­rios de uso possíveis:

  • Escrevo o meu guião em Foun­tain no meu Mac, edito-​​o no meu iPad, partilho-​​o com o meu par­ceiro de escrita que usa PC — sem­pre no mesmo ficheiro;
  • Quando ter­mino o guião converto-​​o em PDF ou Final Draft para enviar ao produtor;
  • Recebo de um pro­du­tor um ficheiro PDF escrito num pro­grama qual­quer. “Derreto-​​o”, convertendo-​​o num ficheiro de texto for­ma­tado com a lin­gua­gem Foun­tain. A par­tir daí posso editá-​​lo sem pro­ble­mas e exportá-​​lo no for­mato que quiser;
  • Abro os meus guiões anti­gos escri­tos no Final Draft e converto-​​os para o for­mato Foun­tain, para arquivo. Dessa forma tenho acer­teza de que no futuro, acon­teça o que acon­te­cer, terei sem­pre acesso a eles desde que tenha um edi­tor de texto simples.

O que é a linguagem Fountain

Já falei disso num artigo ante­rior, cuja lei­tura reco­mendo. Resu­mi­da­mente, é um con­junto de regras muito fáceis de mar­ca­ção do texto que per­mi­tem que um ficheiro de texto sim­ples possa ser con­ver­tido num ficheiro de guião cor­re­ta­mente formatado.

Uma cena escrita em Foun­tain apa­re­cerá assim na página:

screenshot Fountain

Como se pode ver, esta cena é per­fei­ta­mente legí­vel na página e não usa nada de com­pli­cado – ape­nas meia dúzia de regras na apli­ca­ção das maiús­cu­las, espa­ços entre linhas, etc.

Ape­sar disso, quando a expor­tar para PDF ou Final Draft atra­vés do High­land, sairá per­fei­ta­mente for­ma­tada de acordo com as nor­mas da indústria.

screenshot PDF

Preço promocional de lançamento

High­land está dis­po­ní­vel na Mac AppS­tore por um preço pro­mo­ci­o­nal de lan­ça­mento de 8,99€ até ao fim de Março. A par­tir daí pas­sará ao preço nor­mal, que será sen­si­vel­mente o dobro.

O Final Draft é um soft­ware caro e nem todos os gui­o­nis­tas têm acesso a ele. Com o High­land passa a ser pos­sí­vel con­ver­ter os seus fichei­ros, editá-​​los e exportá-​​los de novo, sem pro­ble­mas. O mesmo se passa com a pos­si­bi­li­dade de “der­re­ter” PDF’s, editá-​​los e exportá-​​los novamente.

Mesmo que não quei­ra­mos escre­ver guiões no High­land só estas duas fer­ra­men­tas são sufi­ci­en­tes para jus­ti­fi­car a sua aqui­si­ção, espe­ci­al­mente com este preço promocional.

Acerca do autor: João Nunes é um autor, guionista e publicitário que divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal. Conta com mais de 3000 páginas de guiões produzidas sob a forma de longas metragens, telefilmes, e dezenas de episódios de séries de televisão.

4 comentários… add one

  • Bruno 20/03/2013, 18:26

    O João já utilizou este software? Recomenda?
    Quando faz a conversão entre os vários formatos, não há problemas de formatação (texto desalinhado, espaços entre parágrafos, etc)?

    Confesso que a possibilidade de “derreter” PDF’s e de transformar o ficheiro num formato reconhecido por qualquer editor de texto são bastante interessantes e úteis.

    Cumprimentos

    • João Nunes 20/03/2013, 19:59

      Já tinha usado a versão beta, durante a fase de testes, e hoje comprei a v1.0. A minha avaliação, para já, é positiva mas não perfeita.
      De forma geral as conversões saem muito boas, em termos de formato, mas alguns caracteres acentuados saem baralhados. Por exemplo, converti um ficheiro Final Draft e todos os í transformaram-se em e os ó em .
      É chato, e implica um trabalho extra de Find & Replace, mas é melhor do que receber um PDF e ter de digitar tudo de novo :)
      Além disso acredito que o feedback que vai ser enviado pelos utilizadores depois do programa estar em uso real no mundo, vai permitir melhorar gradualmente o motor de conversão.

  • Rosa 22/03/2013, 7:26

    Já testei vários editores, por pura curiosidade. Sempre retorno ao CELTX. Mas este editor pelo visto não poderei testar, não possuo um Mac.

    • João Nunes 22/03/2013, 9:51

      O maior problema que eu sempre tive com o CeltX é a conversão dos seus ficheiros para outros formatos, incluindo o Final Draft. Por isso continuo a procurar soluções alternativas.
      Atualmente estou muito contente com o Scrivener, que já recomendei, mas a opção de escrever em ficheiros de texto simples é muito atractiva, e o Fountain responde a isso. Uma das coisas que vou fazer, por exemplo, é converter todos os guiões que já escrevi para esse formato, para fins de arquivo de longo prazo.
      Uma solução para si, se quiser experimentar o Fountain, é escrever em qualquer editor de texto simples, como o NotePad do Windows, e depois usar o processador de texto para guião Trelby, gratuito e para Windows, para converter para pdf ou fdx. Nunca usei o Trelby, porque não há – ainda – para Mac, mas parece-me uma boa alternativa ao CeltX, mais simples e com mais opções de exportação.
      Se gostar diga alguma coisa. E se quiser escrever um pequeno artigo de resenha, posso publicar ;)

Deixe o seu comentário