Nova versão da fonte Courier otimizada para guiões

O guionista John August, cujo site sigo há muito tempo, lançou-se recentemente no desenvolvimento de programas especialmente dedicados às necessidades dos guionistas. Já destaquei aqui alguns, incluindo o interessante projeto Fountain.

A sua última iniciativa nesse domínio foi anunciada agora: o lançamento de uma versão da fonte Courier, universalmente usada na escrita dos guiões: a Courier Prime.

Para saber tudo o que há a saber sobre as origens e características da fonte Courier recomendo a leitura deste ensaio de Roland Stroud ou, numa versão mais reduzida, o artigo em que o próprio John August anuncia o lançamento da sua Courier.

Muito resumidamente, a Courier é uma fonte criada pela IBM para as suas máquinas de escrever que foi adoptada em muitos ambientes de escrita, incluindo os principais sistemas operativos. Por ser uma fonte de grande legibilidade, e em que todas as letras ocupam exatamente o mesmo espaço, começou a ser usada na escrita de manuscritos literários e de guiões. Nestes últimos acabou por tornar-se o padrão universal.

A Courier Prime não é a primeira tentativa de criar uma versão da fonte Courier otimizada para os guiões. Os programas Final Draft e MovieMagic Screenwriter vêm acompanhados pelas suas próprias versões, que já utilizei.

Esta nova versão, contudo, foi otimizada por um designer para esse mesmo efeito e parece-me ter sido muito bem pensada e desenvolvida. A sua principal vantagem, alegadamente, é uma melhor adequação às novas condições de escrita e leitura dos guiões.

Hoje em dia, salvo raras excepções, os guiões são escritos e lidos em aparelhos (computadores, portáteis, tablets, etc…) com ecrãs com definições cada vez mais elevadas. A Courier Prime tem características de desenho, espessura de traço, etc, que a tornam ideal para esses ambientes de escrita.

courier Prime courier Prime fontes

A Courier Prime pode ser baixada aqui. Já a instalei no meu Mac e vou utilizá-la nos próximos projetos de escrita.

Estes artigos talvez lhe interessem

2 comentários

  • Antunes 29/01/2013   Deixe uma resposta a →

    Eu tenho o Celtx e o Story Touch no meu computador, será que em como eu instalar esta nova fonte nestes softwares?

    • João Nunes 30/01/2013   Deixe uma resposta a →

      Teoricamente deveria ser possível. A instalação das fontes é uma tarefa do sistema operativo. A partir daí elas estarão disponíveis para qualquer software.
      Mas estive a ver com atenção no CeltX e, aparentemente, não oferece nenhuma opção para escolher a fonte – utiliza sempre o Courier normal, sem dar alternativa. É uma medida de segurança para impedir os utilizadores menos avisados de começar a usar tipos de letra inadequados, mas tem esta desvantagem.
      Quanto ao StoryTouch, neste momento não o tenho instalado no computador por isso não posso responder.

Deixe a sua opinião ou comentário:

%d bloggers like this: