≡ Menu
As 101 séries de televisão mais bem escritas
Tony-Soprano-destaque

A Wri­ters Guild of Ame­rica, sin­di­cato dos gui­o­nis­tas dos EUA, publi­cou recen­te­mente uma lista das 101 séries de tele­vi­são mais bem escri­tas, ela­bo­rada após vota­ção dos seus associados.

Como seria de espe­rar, dada a sua ori­gem, a lista está com­ple­ta­mente envi­e­sada para a pro­du­ção tele­vi­siva ame­ri­cana, sendo excep­ção ape­nas uma meia dúzia de obras bri­tâ­ni­cas. De qual­quer forma apre­senta um pano­rama bas­tante repre­sen­ta­tivo do que de melhor tem sido feito em tele­vi­são, espe­ci­al­mente nas últi­mas décadas.

O lugar de topo da lista coube a duas das minhas séries favo­ri­tas: Os Sopra­nos, cri­ada por David Chase, seguida por outra favo­rita de toda a gente, Sein­feld, de Larry David & Jerry Seinfeld.

Seinfeld-Cast-seinfeld-artigo

O resto da lista é uma mis­tura de séries recen­tes e clás­si­cos, embora as obras dos últi­mos anos, incluindo algu­mas ainda em exi­bi­ção, este­jam em maioria.

Como o texto de apre­sen­ta­ção da lis­ta­gem, da auto­ria de Paul Brown­fi­eld, faz ques­tão de des­ta­car, as esco­lhas nela pre­sen­tes refor­çam a con­vic­ção de que por trás de uma grande série há quase sem­pre gran­des personagens.

Se per­so­na­li­dade é des­tino, então o per­so­na­gem é real­mente a espi­nha dor­sal da grande escrita tele­vi­siva. A lista da WGA das 101 Séries Mais Bem Escri­tas é um tes­te­mu­nho disto, tão ver­da­deiro para aque­las em que o per­so­na­gem prin­ci­pal é osten­si­va­mente uma ver­são da sua estrela (The Cosby Show, para dar ape­nas um exem­plo) como para aque­las em que é um Vul­cano a bordo de uma nave espa­cial de explo­ra­ção ou um assas­sino em série sal­ti­tando entre lados opos­tos da lei.

Não há melhor exem­plo desta afir­ma­ção do que o pri­meiro clas­si­fi­cado da lista.

David Chase revo­lu­ci­o­nou a escrita tele­vi­siva esco­lhendo para pro­ta­go­nista d’Os Sopra­nos um dos mais famo­sos anti-​​heróis da fic­ção tele­vi­siva. Tony Soprano (que David Chase ini­ci­al­mente bap­ti­zou de Tommy) era um chefe mafi­oso com pro­ble­mas de ansi­e­dade que o obri­ga­vam a pro­cu­rar assis­tên­cia psi­co­ló­gica em segredo.

sopranos_St_artigo

A par­tir desta pre­missa sim­ples foram desen­vol­vi­das seis tem­po­ra­das em que acom­pa­nha­mos fas­ci­na­dos a forma como este homem com­plexo e con­tra­di­tó­rio lidava com os seus pro­ble­mas pes­so­ais, fami­li­a­res e pro­fis­si­o­nais (sendo que estes últi­mos impli­ca­vam mui­tas vezes o recurso ao homicídio).

Os Sopra­nos rece­beu o maior número de votos. Nenhuma série teve mais res­pon­sa­bi­li­dade no renas­ci­mento da escrita tele­vi­siva, na qual os gui­o­nis­tas usam os per­so­na­gens tanto para comen­tar o mundo con­tem­po­râ­neo como para real­çar as for­mas como a acção reflecte as con­tur­ba­das vidas inte­ri­o­res das pes­soas reais.

O sucesso d’Os Sopra­nos e a popu­la­ri­dade do seu pro­ta­go­nista esta­be­le­ce­ram um novo padrão de qua­li­dade pelo qual, ine­vi­ta­vel­mente, todas as séries sub­se­quen­tes pas­sa­ram a ser medidas.

Se qui­ser per­ce­ber melhor a razão da vitó­ria d’Os Sopra­nos pode apre­ciar a qua­li­dade da escrita de David Chase lendo o epi­só­dio piloto dis­po­ní­vel na net (Nota impor­tante: é melhor ler direc­ta­mente na página do site, por­que o link para bai­xar o suposto .pdf leva para um ficheiro .exe de segu­rança duvidosa).

As 25 séries mais vota­das foram as seguintes:

  1. The Sopra­nos”
  2. Sein­feld”
  3. The Twi­light Zone” (1959)
  4. All in the Family”
  5. MAS*H”
  6. The Mary Tyler Moore Show”
  7. Mad Men”
  8. Che­ers”
  9. The Wire”
  10. The West Wing”
  11. The Simp­sons”
  12. I Love Lucy”
  13. Bre­a­king Bad”
  14. The Dick Van Dyke Show”
  15. Hill Street Blues”
  16. Arres­ted Development”
  17. The Daily Show with Jon Stewart”
  18. Six Feet Under”
  19. Taxi”
  20. The Larry San­ders Show”
  21. 30 Rock”
  22. Fri­day Night Lights”
  23. Fra­sier”
  24. Fri­ends”
  25. Satur­day Night Live”

A lista com­pleta com todas as séries selec­ci­o­na­das  pode ser encon­trada aqui.

Acerca do autor: João Nunes é um autor, guionista e publicitário que divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal. Conta com mais de 3000 páginas de guiões produzidas sob a forma de longas metragens, telefilmes, e dezenas de episódios de séries de televisão.

5 comentários… add one

  • Ruben 14/06/2013, 8:38

    Não concordo nada que “Lost” surja apenas na 27ª posição da lista, mas enfim.

    • Pedro Ribeiro 26/06/2013, 10:23

      Nem eu, mas eu penso que isso se deva à última série de episódios, quando gostamos muito de uma série e ela acaba de uma forma inferior ao normal, temos a tendência de ficarmos mais “magoados” do que com uma série que só gostamos. A mim aconteceu-me isso no Lost, adorei cada série, segui aquilo de forma impressionate, e depois senti-me traído enquanto espectador com aquele final. O mesmo aconteceu, numa série sem a qualidade de Lost, mas muito bem conseguida que foi o Prision Break, ou seja, foi muito boa até à série final, e depois foi despachada, literalmente despachada. Em sentido inverso, Seinfeld saiu em grande, e a nossa lembrança é de grande qualidade..

  • João Nunes 20/06/2013, 7:18

    James Gandolfini, o ator que deu vida a Tony Soprano, e com isso ganhou três Emmy em seis vezes que foi nomeado para melhor ator de série dramática, morreu hoje.
    É verdade que “Os Sopranos” são uma série maravilhosamente bem escrita, mas não é menos verdade que não seriam o mesmo sem o carisma triste e demencial que Gandolfini emprestou à série. RIP.

Deixe o seu comentário