Sete coisas coisas que pode fazer para ajudar o blogue joaonunes.com

Há alguns anos atrás publiquei um artigo com um título semelhante a este, e o mesmo tema: o que os leitores generosos podem fazer para ajudar o blogue joaonunes.com a chegar a cada vez mais potenciais interessados.

Desde então a paisagem sempre em movimento da internet mudou consideravelmente. Chegou pois a altura de atualizar estas dicas para os novos tempos.

Veja então como pode, se tiver essa vontade, ajudar a divulgar o blogue:

  1. Visite com frequência – esta é óbvia e não preciso de me desenvolver sobre ela.
  2. Assine o feed RSS do site – e receba no seu leitor de RSS (Google Reader, por exemplo) os artigos à medida que vão sendo publicados.
  3. Deixe comentários aos artigos – isto é muito importante. Os algoritmos de pesquisa do Google avaliam a atividade dos leitores de um blogue. Se é muito participado fica mais fácil de ser encontrado por outros.
  4. Assine a lista de email – é grátis e passa a receber um email semanal com links para os novos artigos. Se quiser ajudar ainda mais, divulgue a lista de email junto dos seus conhecidos. Uma vantagem adicional: sempre que lançar algum material novo, como o eBook de Reescrita os assinantes atuais serão os primeiros a recebê-lo.
  5. Partilhe os seus artigos favoritos nas redes sociais – todos os artigos têm no fim os botõezinhos para partilhar nas principais redes: Facebook, Twitter e Google+. Share the love…
  6. Link artigos do seu blogue – se também tem um blogue com temática relacionada (escrita, cinema, criatividade…) faça ligações para os seus artigos favoritos. A Rede chama-se assim por alguma razão.
  7. Deixe perguntas e sugestões – as perguntas dos leitores têm inspirado muitos artigos da secção “Perguntas & Respostas”. Se têm uma dúvida de guionismo que ainda não tenha sido respondida aí, não hesite em deixá-la no formulário na coluna da direita desta página. E sugestões para melhorar o site são sempre bem vindas.

No artigo original referia ainda outras duas formas de ajudar, um pouco mais materialistas: se quiser fazer compras na Amazon UK, comece a sua visita através de um dos links que eu coloco no blogue, mesmo que seja para comprar outra coisa. Dessa forma recebo uma minúscula comissão sobre as suas compras, sem qualquer prejuízo ou acréscimo para si.

A outra sugestão era meio jocosa: se quiser lançar o novo filme do Spielberg aqui no blogue, estou disposto a negociar valores. Como disse, meio jocosa. Mas só meio…

Estes artigos talvez lhe interessem

6 comentários

  • Presente! E (quase) cumprindo à risca estas recomendações. Continue por aqui que eu farei o mesmo. Um abraço.

  • Mike Santos 25/02/2013   Deixe uma resposta a →

    O mínimo que posso fazer é precisamente recomendar a amigos e colegas este belíssimo “sitio”. Já agora uma sugestão, por vezes escrevo material e é muito difícil ter opiniões ou sugestões… Enfim, escrever é um processo muito isolado. Fará sentido um forum em que se possam trocar impressões sobre ideias e argumentos? Caro João Nunes envio-lhe aqui do seixal um forte abraço.

    • João Nunes 25/02/2013   Deixe uma resposta a →

      Obrigado por essas palavras simpáticas. Agradeço a divulgação.
      Quanto ao Forum, já pensei várias vezes nisso. Tecnicamente nem seria complicado, sei exatamente o que precisaria fazer. A minha dúvida é se a “militância” dos leitores do blogue será suficiente para o manter. Um forum só tem sentido se tiver um mínimo de actividade, sem a qual seca e more rapidamente. Não me apetecia nada começar um forum para ter de o fechar uns tempos depois. Enfim, acho que só terei a reposta se um dia me resolver mesmo a lançá-lo.

  • caro joão, como dizia a sinha quiteria – antes tarde do que nunca-
    digo resolvi postar no blogue porque surgiu uma ideia meio de maluco, mas que pode dar certo. em vez de um fórum, porque não produzirmos um roteiro baseado nos comentarios- isto é cada comentarista depois de se cadastrar no bloque escrevia uma pagina do roteiro , e o assunto seria posto em votação digo tema!
    afinal seria talvez o primeiro roteiro feito por varias opiniões!
    pense m nisso – afinal não haveria diretores famosos sem as ideias dos roteiristas.
    por isso que defendo que todo diretor teria que ao menos uma vez escrever um roteiro e vice versa.
    obrigado pela atenção, desculpem as imposições, mas se queremos o melhor temos que começar por nós!

    • É uma boa ideia que você avança aqui, Elias. Pode vir a ser uma futura iniciativa do site, mas tenho primeiro de resolver algumas questões práticas que têm a ver com as autorizações para publicação dos comentários.

Deixe a sua opinião ou comentário: