James Cameron explica como escreveu os guiões das três sequelas de Avatar

Escrever a sequela do filme mais bem sucedido da história do cinema não deve ser uma tarefa fácil. Agora imagine o que será escrever três sequelas em simultâneo.

Pois foi esse o desafio a que James Cameron, o autor e realizador de Avatar, se propôs. Quando definiu como objectivo filmar as três sequelas simultaneamente, percebeu que isso obrigaria a escrever os três guiões de uma assentada só.

Para o conseguir, recorreu a uma técnica da televisão, que ele tinha experimentado enquanto produtor da série Dark Angel, e que lhe tinha agradado bastante na altura. Depois de passar um ano a escrever 1.500 páginas de notas sobre o mundo, as criaturas, e os personagens dos novos filmes, contratou quatro guionistas experientes: Josh Friedman, o casal Rick Jaffa e Amanda Silver, e Shane Salerno.

Mas em vez de os pôr a trabalhar em separado, James Cameron e os quatro guionistas passaram os meses seguintes juntos, oito horas por dia, para desenvolver em conjunto as escaletas dos três guiões.

E até ao último dia não lhes disse que guião iam escrever individualmente. Dessa forma todos estavam igualmente empenhados, do ponto de vista da estória, em todos os três filmes”, explicou James Cameron à audiência que o ouviu numa sessão do Hero Complex Film Festival.

Esta técnica de planeamento da escrita em conjunto, que em televisão se chama o writer’s room (o quarto dos escritores), permitiu que cada autor pudesse de seguida trabalhar no seu guião individual sabendo exactamente o que acontece nos outros dois guiões. Dessa forma ficou garantida a homogeneidade do projecto, num prazo que seria impossível de alcançar de outra maneira.

James Cameron sempre foi um inovador em todos os aspectos do seu trabalho. Apesar dos seus dotes de guionista terem sido muito criticados na altura do lançamento de filmes como Titanic ou o próprio Avatar, isso não impediu esses filmes de se rornarem nos maiores sucessos de bilheteira de sempre. E não podemos esquecer que ele foi também o responsável por duas das melhores sequelas de sempre, os filmes Aliens e Terminator 2. Mais uma razão para os seus fãs esperarem com ansiedade a estreia da 1ª sequela de Avatar, prevista para Dezembro de 2016.

Estes artigos talvez lhe interessem

Deixe a sua opinião ou comentário: