≡ Menu
RTP abre consulta para propostas de projetos de televisão
RTP destaque

A RTP, canal público da tele­vi­são por­tu­guesa, vai abrir con­curso para pro­pos­tas de pro­je­tos de tele­vi­são nas áreas de fic­ção, docu­men­tá­rios, entre­te­ni­mento e outros, con­forme anun­ci­ado no seu site.

O objec­tivo é reno­var as gre­lhas do canal para os pró­xi­mos anos e, em simul­tâ­neo, pro­mo­ver a pro­du­ção inde­pen­dente de con­teú­dos, con­forme o esti­pu­lado pelo seu Con­trato de Con­ces­são de Ser­viço Público de Televisão.

Os pro­du­to­res inde­pen­den­tes terão assim opor­tu­ni­dade de apre­sen­tar pro­pos­tas para con­teú­dos tão diver­si­fi­ca­dos quanto séries diá­rias de fic­ção, fic­ções his­tó­ri­cas, longas-​​metragens, tele­fil­mes e mini­sé­ries, pro­je­tos de humor, docu­men­tá­rios, maga­zi­nes, talk shows, con­cur­sos, con­cur­sos de talen­tos, etc.

O prazo de entrega das pro­pos­tas decor­rerá entre 21 do cor­rente mês de Abril e 23 de Maio, e os deta­lhes estão dis­po­ní­veis aqui.

O que apresentar

Cada pro­jeto apre­sen­tado deve incluir uma ficha de carac­te­rís­ti­cas gerais na pri­meira página, que deverá indicar:

Carac­te­rís­ti­cas Gerais

  • Título – nome do programa
  • Local – Local onde se vai rea­li­zar o evento
  • Tipo de pro­du­ção – evento local, evento Pro­du­zido de raiz
  • Género – Repor­ta­gem, Fic­ção, Entre­te­ni­mento, Educativo
  • Obje­ti­vos espe­cí­fi­cos – Entre­ter, Emo­ci­o­nar, Edu­car, informar
  • Tipo de Emis­são – Direto /​ Gra­vado
  • Dura­ção –
  • Nº Pro­gra­mas –
  • Pla­ta­for­mas –

No caso dos pro­je­tos de fic­ção, os que mais direc­ta­mente inte­res­sam aos lei­to­res deste blo­gue, as pro­pos­tas deve­rão incluir ainda:

  • sinopse
  • des­cri­ção dos personagens
  • guião(ões)
  • pro­posta de elenco

Não fica claro se será pre­ciso apre­sen­tar todos os guiões de, por exem­plo, uma série de 13 ou 52 epi­só­dios. Não me parece razoá­vel nem é o nor­mal, mas ten­ta­rei escla­re­cer esse ponto posteriormente.

Tam­bém não está claro a quem é diri­gida a con­sulta; se ape­nas a pro­du­to­res ou se os auto­res inde­pen­den­tes podem participar.

Mas dado que no texto do comu­ni­cado se fazem várias refe­rên­cias aos auto­res (por exem­plo, Cabe à RTP a res­pon­sa­bi­li­dade de rece­ber e ana­li­sar as pro­pos­tas cri­a­ti­vas dos auto­res e pro­du­to­res a ope­rar em ter­ri­tó­rio naci­o­nal;) penso que a segunda opção será a mais cor­reta. Ten­ta­rei tam­bém escla­re­cer este aspecto.

Uma nota final: com a ado­ção deste novo sis­tema de con­sul­tas públi­cas semes­trais, a RTP faz tábua rasa de todos os pro­je­tos apre­sen­ta­dos ante­ri­or­mente. Se já tinha pro­pos­tas em apre­ci­a­ção na empresa deverá vol­tar a apresentá-​​las no âmbito desta con­sulta para vol­ta­rem a ser consideradas.

Não se atrase. Dia 21 está quase a che­gar e um mês é um prazo aper­tado para a mon­ta­gem de um pro­jeto com pés e cabeça. Boa sorte e boas escritas!

Acerca do autor: João Nunes é um autor, guionista e publicitário que divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal. Conta com mais de 3000 páginas de guiões produzidas sob a forma de longas metragens, telefilmes, e dezenas de episódios de séries de televisão.

0 comentários… add one

Partilhe aqui as suas ideias e experiência