≡ Menu
Venham daí as perguntas Durante Fevereiro vou tentar responder ao máximo de perguntas dos leitores
mês-das-perguntas-destaque-2

Feve­reiro vai ser o Mês das Per­gun­tas aqui no blo­gue. Se tem alguma dúvida sobre a escrita de um guião (ou roteiro, no Bra­sil) é a altura de as colo­car. Ten­ta­rei res­pon­der ao maior número possível.

A par­tir de segunda come­çam a sair as pri­mei­ras res­pos­tas. Por isso, venham daí as perguntas.

Qual é a sua pergunta?






Acerca do autor: João Nunes é um autor, guionista e publicitário que divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal. Conta com mais de 3000 páginas de guiões produzidas sob a forma de longas metragens, telefilmes, e dezenas de episódios de séries de televisão.

5 comentários… add one

  • Guilherme D. 31/01/2014, 9:21

    Olá, João. Há pouco descobri seu blog…nossa, é uma maravilha. Eu sou roteirista amador ainda, mas na carreira pretendo seguir fazendo storyboards e roteiros. Gosto de desenhar e escrever.

    A minha pergunta é: como eu devo analisar o roteiro de um filme…sabe, quando eu digo que sou roteirista, mesmo amador (ainda) as pessoas sempre perguntam: “Então, você que é ligado na cultura”, “Aquele filme…pra mim o roteiro é muito bom…”

    E o que eu percebo, é que muita gente confunde história com roteiro. Muita gente gosta da história, fala que ela é muito boa e no final, dizem que isso é roteiro. Isso muitas vezes faz com que eu me pergunte “Espera aí…sou eu que não entendo de roteiro, ou essa confusão que eu percebo é algo válido(no sentido de estar errado, como eu penso)?”

    Isso me tira a segurança de discutir um roteiro com as pessoas. Já chegaram a me perguntar se o roteiro de tal programa de rádio era bom, já me pediram pra dizer qual roteiro era melhor entre 3 programas de estilos totalmente diferentes, uma comédia e dois dramas na verdade.

    Em resumo – e já me desculpando pelo tamanho da “pergunta” – eu quero saber se analisar um roteiro de filme apenas assistindo-o é algo bom, válido e que se possa ter segurança. Eu quero ter mais segurança ao dizer que tal roteiro, pelo menos a meu ver é bom, sem perder a minha honestidade e segurança principalmente. E se não for incômodo, que o senhor explique como fazer isso (ou mande um link de alguma coisa, que é mais fácil).

    Sou Brasileiro, caso alguma palavra pareça estranha.

    Obrigado.

  • Phil 31/01/2014, 10:06

    Como está o mercado de produção de filmes em Portugal? É fácil para um guionista novo entrar no mercado? Qual seria a melhor maneira de fazê-lo?

    Obrigado

  • Rakbru 09/02/2014, 14:04

    Olá João!
    Gostaria de saber como nós ”Roteiristas Amadores” podemos adquirir um bom ”Agente” que intensifique parcerias vantajosas? Existe algum site ou rede onde possamos conseguir esse serviço? Custa caro? Você conhece alguma Agência que aceite argumentos de Amadores?

  • Flávio Marta 12/02/2014, 15:03

    Olá João,
    Tenho seguido o teu blogue e das várias publicações que li sinto que fico mais confiante na escrita de guiões. Estou a pensar em escrever uma série de oito episódios, mas o que eu gostava mesmo de saber é:

    - Como podemos fazer com que a nosso guião passe para a realidade (quer seja filme, série, teatro, etc.)? Devemos contactar empresas como a SP e a Plurar ou os canais de televisão, como a RTP ou a SIC? Gostava muito que a série fosse para a RTP (especialmente agora que vejo que há mais liberdade, quer na linguagem quer nos comportamentos que os atores podem assumir), mas não sei como e quem contactar.

    - Gostava também de saber se é possível influenciar/impingir a banda sonora de um filme ou uma série. É que há cenas na minha cabeças que usam músicas especiais e, no caso da série que estou a escrever, a música é muito importante (não cantada, pois não é glee à portuguesa, mas como banda sonora). Queria mesmo indicar a música que deve tocar numa cena, mas não quero dizer “Ouve-se na rádio “Angel” dos Silence 4″. Acho que já me fiz perceber, mais ou menos.

    Obrigado.

    P.S.: Tenho a mesma dúvida que o Phil, como está o mercado nacional? De que forma aceitam novos guionistas/argumentistas? O panorama nacional não é uma opção? Obrigado mais uma vez.

    • João Nunes 13/02/2014, 17:37

      Já respondi a estas questões no blogue. Uma busca rápida na caixa de search na coluna da direita dá-lhe essas respostas com facilidade. Boas escritas.

Deixe o seu comentário