Perguntas & Respostas: é preciso numerar uma escaleta?

Boa tarde. Quando estamos a escrever uma escaleta é obrigatório numerar as cenas? O meu Professor disse-nos que temos de escrever os cabeçalhos com o formato CENA 01 – INT. CARRO – MANHÃ mas vejo muitos exemplos de escaletas em que eles aparecem apenas da seguinte forma:  INT. CARRO – MANHÃ. Quem tem razão? — Aldair

Olá Aldair, longe de mim querer desmentir o seu professor. Não estamos a falar de matemática, em que as leis são imutáveis e indisputáveis, mas sim de uma actividade humana e, ainda por cima, artística.

O que lhe posso dizer é que se eu escrever uma escaleta para mim mesmo normalmente não coloco numeração. Pelo contrário, se a estiver a escrever para um produtor farei como ele me solicitar  – com numeração ou sem numeração. É uma encomenda e o produtor é que sabe as necessidades que tem.

Nesse caso, provavelmente será a última coisa que faço antes de entregar a escaleta, depois de ter o texto fechado. Dessa forma evito ter que estar a mudar a numeração em toda a escaleta de cada vez que eliminar ou acrescentar cenas, ou mudar a sua ordem.

Esta preocupação aplica-se não só às escaletas mas também aos guiões, e a qualquer aspecto do trabalho por encomenda. É sempre bom esclarecer antecipadamente quais são as expectativas do cliente em relação ao que lhe vamos entregar.

Se ele está à espera de uma sinopse de dez páginas, será um mau serviço entregar-lhe uma de trinta (e vice-versa). Se usa um formato especial de guião (o que acontece muitas vezes em televisão) devemos certificar-nos de que temos e usamos esse modelo. Se o cliente quer que todas as menções a personagens, sons e efeitos especiais sejam destacadas em MAIÚSCULAS, é isso que temos que fazer. E assim por diante.

Cinco minutos de conversa sobre estes temas, no início de um projecto, podem poupar-nos muitas horas (ou dias) de ajustes e correcções no momento da entrega.

No seu caso concreto, a minha recomendação é que pense no seu professor como o produtor que lhe está a fazer uma encomenda de trabalho. Se ele quer a escaleta numerada, ou tem outras exigências especiais, é assim que a deve escrever. Dessa forma está já a treinar-se para o seu futuro no mercado de trabalho

Estes artigos talvez lhe interessem

Deixe a sua opinião ou comentário: