consulta a novas ideias

RTP abre consulta a novas ideias de séries

Com o tema Uma consulta a novas ideias o canal público de televisão português RTP abre o seu concurso de Consulta de Conteúdos Audiovisuais 2017, válido até 28 de Abril de 2017.

Nas palavras de Daniel Deusdado, director de programação da RTP1, “A Consulta de Conteúdos é um dos momentos em que a RTP abre a oportunidade a todos os produtores de apresentarem as ideias em que acreditam.

Já para Teresa Paixão, directora de programação da RTP2, ““A surpresa é a alma do negócio” era o que responderíamos, na RTP2, se nos perguntassem qual é o segredo para gostarmos de um projeto!

Nesta consulta a novas ideias ambos os directores de programação procuram ideias originais para séries de ficção e animação, documentários, formatos criativos e programas de entretenimento.

Infelizmente, segundo o regulamento, a consulta é apenas aberta a produtores independentes, deixando de fora os guionistas em nome próprio. Mas se tem boas ideias prontas a apresentar, ou está disposto desenvolvê-las até ao fim de Abril, com certeza não será difícil encontrar produtores interessados em apresentá-las em seu nome.

O regulamento desta consulta a novas ideias, cuja leitura atenta recomendo, também especifica os materiais a apresentar para cada projecto:

Requisitos obrigatórios:

As propostas para séries de ficção deverão incluir:

  • O guião de pelo menos um episódio-piloto.
  • Sinopse geral da série e de cada episódio.
  • Descrição de personagens.
  • Designação do autor do argumento e do realizador do projeto.
  • Estratégia de produção e distribuição.

As propostas para formatos criativos deverão apresentar uma “bíblia de produção”.

As propostas para documentários televisivos deverão ser compostas por:

  • Sinopse.
  • Nota de intenções.
  • Estrutura do projeto/ Tratamento.
  • Currículos do realizador e do produtor independente.
  • Estratégia de produção e distribuição.

As propostas para séries de animação deverão incluir:

  • Sinopse.
  • Guião de um episódio.
  • “Bíblia de produção” do projeto.
  • Estratégia de produção e distribuição.

Todas as propostas deverão também conter previsão de orçamento e montagem financeira. (Nota: este último quesito será, obviamente, da responsabilidade da produtora.)

Como inspiração sugiro a leitura do meu artigo O que é a bíblia de uma série de televisão. Boa sorte.

Estes artigos talvez lhe interessem

3 comentários

  • Carla 06/03/2017   Deixe uma resposta a →

    João, eu tenho umas ideias para programas na RTP mas não faço parte deste meio. Como fazer chegar a minha ideia até um produtor independente?

    • Tem de identificar o produtor mais adequado para as suas ideias, em função do seu estilo e das coisas que têm produzido, e contactá-lo, por email ou telefone. Se não é conhecida do produtor, deverá ter mais do que apenas ideias: no mínimo sinopses, idealmente guiões.

      • miguelmartins93 10/03/2017  

        Aproveitando a deixa da Carla, pode divulgar algumas produtoras nacionais?

Deixe a sua opinião ou comentário:

%d bloggers like this: