Feriados

Entre os países de língua oficial portuguesa, Angola está à frente em número de feriados oficiais nacionais, com 15 celebrações. Para ser honestos, 14 1/2, porque o 24 de Dezembro é referenciado apenas como meio feriado, um conceito engraçado. Portugal segue de perto, com 14 feriados nacionais, com o Brasil logo no encalço, com 13. […]

Continue a Ler

Ponte

Há uma profissão nos bairros periféricos de Luanda que se chama “ponte”. São jovens que, de chinela havaiana e calças arregaçadas, carregam “passageiros” às costas para atravessar poças de lama, esgotos a céu aberto e outras superfícies alagadas que atrapalham a vida aos habitantes locais. Imagino que deva haver uma tabela de preços pelo serviço […]

Continue a Ler

Dia da Paz

Ontem foi feriado. Dia da Paz e Reconciliação Nacional. Basicamente, é o dia de celebrar a morte de Jonas Savimbi, que abriu caminho ao fim da guerra e ao processo de normalização da vida de Angola. É triste reconhecer isto, mas é verdade – em Angola não foi o diálogo, o entendimento e a pressão […]

Continue a Ler

Chuvada

Está a cair uma chuvada violentíssima. Em menos de meia hora as ruas ficaram alagadas e os esgotos já estão a regurgitar o excesso de água. As ondas causadas pelos carros já começaram a subir pelos passeios e a molhar as poucas pessoas que se aventuram a andar pela rua. E o céu está com […]

Continue a Ler

As Crónicas de Nárnia

Fui ontem ao Cinema Atlântico ver "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa", o primeiro volume das "Crónicas de Nárnia" a ser adaptado para o cinema. Tenho pena de não ter descoberto esta obra quando tinha a idade do meu filho Frederico – onze anos. Ofereci-lhe o livro neste Natal e ele adorou, devorando-o num […]

Continue a Ler

Levantou poeira

Em Luanda a poeira manda. Não é um ditado popular angolano, mas podia ser. O clima seco e a composição do terreno contribuem para que haja sempre uma fina nuvem de pó vermelho no ar, que entra em todo o lado, cobre todas as superfícies, entope narizes e aparelhos de ventilação. Recordo que uma vez, […]

Continue a Ler

Aniversário

As Produções Fictícias comemoram 13 anos no dia 1º de Abril. A data foi criteriosamente escolhida, é claro, de acordo com o espírito da empresa. Na festa de aniversário vai ser lançado o livro “13 anos de insucessos”, a primeira biografia oficial deste grupo de autores a que me orgulho de estar associado. Recomendo imensamente […]

Continue a Ler

Solução

Parece que finalmente arranjei uma solução para blogar a partir do computador, sem ter de entrar no site, fazer login, introduzir passwords, ir para painéis de administração, etc.Chama-se MarsEdit e parece funcionar bem. Pode ser que agora consiga manter o blog mais actualizado. Se não conseguir é porque a deficiência é estrutural, e minha.

Continue a Ler

Calor

O calor está terrível. Saio de casa às 08h00 da manhã e, até chegar ao carro, fico com a camisa encharcada. Sou obrigado a chegar às reuniões com os clientes com um mínimo de quinze minutos de antecedência, para dar tempo ao suor secar antes do encontro. Ainda por cima o ar condicionado da sala […]

Continue a Ler

Prémios

Ontem foi a entrega dos Grandes Prémios do Festival Acácia de Ouro, os troféus da publicidade angolana. A cerimónia decorreu no Estádio dos Coqueiros, na baixa de Luanda, recentemente restaurado. A escolha do local foi justificada pelo tema que a TVC escolheu para o Festival deste ano: a relaíão entre a Publicidade e o Futebol. […]

Continue a Ler

Benfica!!!

O meu SLB, depois de esmagar o Liverpool, vai ter pela frente o Barcelona. Na minha opinião, foi a melhor opíão que podia ter saí­do no sorteio. Se perdermos, toda a gente compreenderá – “Bolas, com o Barcelona, não se esperava outra coisa”; e se ganharmos, o que não é impossí­vel, já ninguém nos pára. […]

Continue a Ler

Angola X Togo

Um golo. Foi quanto faltou para Angola realizar o milagre de ser apurada para os quartos de final do Can. Os Camarões colaboraram e bateram o Congo por 2-0. Os avaníados fizeram o seu trabalho e marcaram os três golos que lhes competiam. Mas a defesa voltou a vacilar e deixou o Togo concretizar por […]

Continue a Ler

Comentador

No BenficaXSporting de ontem um comentador disse “que era preciso sentir o feeling da bola”. Nada de estranho – estamos habituados a estas incursões pelo campo da metafí­sica aplicada ao futebol. Mas mais í  frente, o realizador mostrou-nos uma imagem – estranha – do Ronald Koeman a apalpar a bola; talvez tentando “sentir-lhe o feeling”. […]

Continue a Ler

A Ideia Mais Infeliz do Ano

Dia 14 de Fevereiro é Dia dos Namorados. E agora houve um iluminado qualquer que teve a ideia de fazer dessa data também o Dia da Disfunção Eréctil. Em nome de todos os namorados que, pelo mundo fora, contam com o dia de S. Valentim para ter a primeira noite, muito obrigado. Este é exactamente […]

Continue a Ler

NL

Os angolanos têm alguma tendência para inventar quando não sabem a resposta exacta a uma pergunta. Um exemplo desta generalizaíão passou-se comigo logo que cheguei aqui. Reparei que nas ruas havia muitos carros identificados por um autocolante com as letras “NL”. Perguntei ao meu motorista na altura, o G., o que é que aquilo queria […]

Continue a Ler

Roboteiros

Outra palavra para a qual ainda não consegui explicaíão: os “roboteiros” (acho que é assim que se diz) são jovens, normalmente adolescentes, que empurram carrinhos de mão improvisados, prestando pequenos serviíos de transportes. No campo da pura especulaíão, lembrei-me de ter ouvido um dia que em russo a palavra “robot” quer dizer algo como trabalhador, […]

Continue a Ler

Polí­cias

No post anterior fiz uma referência à  polí­cia de trânsito, dizendo que alguns agentes são adeptos da "gasosa". Um colega contou-me que viu um dia dois agentes passarem a tarde numa esquina, mandando parar os candongueiros (táxis colectivos, ver o post referente a eles) para lhes extorquir uma notinha. Trabalho fácil, pois é duvidoso que […]

Continue a Ler

Gasosa

Há um tema recorrente em Angola que nunca abordei aqui: a corrupíão. Não estou a falar dos esquemas dos ricos e famosos, dos poderosos, dos governantes e deputados, de que tanto se ouve falar, nos jornais e nas conversas de café. Não os testemunhei (não jogo nesse campeonato) e acho que seria abusivo pôr-me a […]

Continue a Ler

Respeito

Uma das coisas boas que os angolanos têm é o respeito pelos mais velhos. O kota, de forma geral, é tratado com reverência e até algum carinho. As suas opiniões são ouvidas com ateníão, a sua experiência é respeitada e tida em conta. E as famí­lias ainda não esqueceram que é sua responsabilidade cuidar das […]

Continue a Ler