Votos de Boas Festas

A todos os leitores regulares deste blogue, o meu pedido de desculpas. Nos últimos tempos, por falta completa de disponibilidade, não tenho conseguido actualizar os conteúdos. Sei que é o maior pecado que pode ser cometido por um bloguista, mas não pode ser de outra maneira

Continue a Ler

O vatapá da Cidinha

Hoje temos uma festa e a Luzia trouxe uma amiga – a Aparecidinha – para fazer um vatapá portentoso. Aqui fica a receita, ilustrada passo a passo, para benefício das massas (não indico quantidades, mas cozinheiros experientes não terão dificuldade em acertar nas proporções…). A Cidinha, cozinheira de mão cheia, e a D. Eva ao […]

Continue a Ler

Alcochete

No voo para cá, num desconfortável Airbus da Lufthansa, tive tempo para ler tudo o que os jornais do dia publicavam sobre o caso OTA/Alcochete, e pensar um pouco sobre o assunto. Ao aceitar considerar Alcochete na equação o governo deu prova de alguma flexibilidade, mas sobretudo demonstrou um falha incompreensível em todo o processo […]

Continue a Ler

Os 300

Achei engraçado escrever um artigo sobre o facto de ter chegado aos 300 artigos, sendo que só chego aos 300 porque resolvi escrever sobre esse facto. Há aqui um certo paradoxo que me faz lembrar o lado "duchampiano" de muitos aspectos da vida contemporânea: as notícias que só o são por o serem, os famosos […]

Continue a Ler

El presidente

Ontem fui eleito presidente. Por unanimidade. Sem oposição. Incrível! E fui eleito exactamente para quê? Ora bem – para presidir à próxima direcção da Associação Portuguesa de Argumentistas e Dramaturgos, a APAD. Eu já fazia parte da direcção cessante, e das três ou quatro anteriores, e por isso coube-me agora a vez de carregar o […]

Continue a Ler

Justificação

Por questões profissionais, e também por estar a dedicar algum tempo ao site da Associação Portuguesa de Argumentistas e Dramaturgos, tenho renovado pouco este blogue. Mas em breve vou voltar em força, com artigos, links e novos capítulos do Curso de Guião.

Continue a Ler

Scrivener

Descobri um novo programa que parece ser a resposta às minhas necessidades de escrita. Por hábito e feitio tenho muita dificuldade em começar um guião se não tiver um tratamento e um outline muito completo de toda a história. Scrivener é, essencialmente, uma transposição para o computador dos tradicionais cartões pregados num quadro, como os […]

Continue a Ler

Nomeações para os Oscares

Foi hoje divulgada a lista das nomeações para os Oscares, incluindo as de guião original e adaptado. Aqui estão, então: ADAPTED SCREENPLAY Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan Children of Men The Departed Little Children Notes on a Scandal ORIGINAL SCREENPLAY Babel Letters from Iwo Jima Little Miss Sunshine […]

Continue a Ler

Mistérios do passado

Dentro de um livro fechado num caixote no qual já não mexia há muitos anos encontrei uma pequena nota, manuscrita pelo meu punho (é indiscutivelmente a minha letra feia e imatura), com duas frases enigmáticas: "Pilinha de um menino de 5 anos" e "2 cegos à porrada". Não faço ideia ao que me estava a […]

Continue a Ler

Fujam de Barcelona

Nunca, mas mesmo nunca – repito, nunca – visitem Barcelona sem reservar antes hotel. Nós caimos nessa asneira e viemos para cá convencidos de que, chegados à cidade, encontrariamos alojamento com facilidade. Erro, grande erro. Andamos às voltas por Barcelona desde as 18h30 e só conseguimos um quarto às 01h30 da manhã. E, mesmo assim, […]

Continue a Ler

É Natal

Chegou aquele mês. Um mês de festa, celebração, agradecimento, alegria. As árvores de Natal decoradas de luzes e bolas coloridas fazem parte da tradição. E agora, nós, os utilizadores de Macs deste mundo, também podemos ter uma árvore de Natal para decorar os nossos desktops. E, no melhor espírito natalício, é grátis.

Continue a Ler

Desengravatem-se!

Vinícius de Moraes, esse grande poeta brasileiro, músico e boémio, amante de chop e de garotas bronzeadas, visitou Portugal nos anos 60, em plena ditadura. Achou os portugueses muito formalistas, muito “engravatados”, como se pode comprovar num pequeno discurso improvisado que ficou registado no disco que gravou ao vivo em casa de Amália Rodrigues, com […]

Continue a Ler