≡ Menu
Curso

Um mito cien­tí­fico diz que, dado o tempo sufi­ci­ente, um chim­panzé que teclasse ale­a­to­ri­a­mente e sem parar con­se­gui­ria, um dia, escre­ver um guião completo.

Como nós não somos chim­pan­zés, e não temos a eter­ni­dade para escre­ver, estou a reu­nir aqui alguns arti­gos que for­mam um curso intro­du­tó­rio de guionismo.

O obje­tivo é sim­ples: dar a todos os lei­to­res do blo­gue as noções bási­cas neces­sá­rias para enten­der e come­çar a pra­ti­car a arte e a téc­nica da escrita de um guião de cinema.

A maior parte das noções aqui apre­sen­ta­das são igual­mente váli­das para a escrita de tele­vi­são e, até, para a nar­ra­tiva de fic­ção em geral.

Espero que estes arti­gos, que não têm pre­ten­sões de ser defi­ni­ti­vos nem com­ple­tos, sejam mesmo assim úteis.

Boas lei­tu­ras – e boas escritas.

MEUSARTIGOSCURSORAPIDO

Fal­tam ainda os seguin­tes:

  1. Os per­so­na­gens (5)
  2. Da story­line à escaleta
  3. Escre­ver o 1º acto
  4. Escre­ver o 2º acto
  5. Escre­ver o 3º acto
  6. Escre­ver cenas e sequências
  7. Escre­ver diálogos
  8. Estru­tu­ras alter­na­ti­vas (1)
  9. Estru­tu­ras alter­na­ti­vas (2)

Não se esqueça de pas­sar por aqui regu­lar­mente para ler os pró­xi­mos artigos.