Sábado há Festival Guiões – e eu entro num debate

O Festival Guiões regressa a Portugal com mais uma edição já no próximo sábado, 7 de janeiro de 2017. Irá decorrer no Cinema São Jorge, em Lisboa, e terá um programa muito rico.

Este ano fiz parte do júri que escolheu o guião vencedor entre os 10 finalistas pré-selecionados. Posso garantir que o nível das participações foi muito alto, mas não adianta tentarem saber quem ganhou – as votações foram secretas e individuais, por isso nem eu tenho essa informação. Irei descobrir no sábado, às 19:30, juntamente com todos os presentes no Festival Guiões.

Antes disso, porém, às 18:30, vou participar num painel de debate com o tema Métodos e Processos Criativos.

Os restantes participantes serão Sabrina D. Marques, do site À Pala de Walsh; os guionistas/realizadores Luís Filipe Rocha e Gonçalo Galvão Teles, com quem já tive o prazer de colaborar e conviver; a dupla criativa de argumentistas e realizadora Joana Areal e João Carvalho Pires; e o autor e ator Virgílio Castelo, do Departamento de Ficção da RTP.

Será com certeza um debate estimulante, com pontos de vista diferentes sobre o trabalho do guionista. E, numa hora apenas, não deveremos ter tempo de dizer muitos disparates.

Se puder, passe pelo Festival Guiões e venha descobrir o único evento integralmente dedicado ao guionismo em língua portuguesa. Se for leitor aqui do blogue, não hesite em dar-me uma palavrinha – gosto sempre de conhecer quem tem a paciência de me aturar.

É assim que eu escrevo: Iuli Gerbase, vencedora do Festival Guiões 2015

Festival Guiões Iuli Gerbase

A edição 2016 do Festival Guiões já está em curso. Aproximam-se os últimos dias para poder concorrer com o preço de inscrição mais baixo, e foram anunciados mais prémios para os vencedores. Nada melhor, pois, do que ouvir a vencedora da edição do Festival Guiões 2015, a jovem autora brasileira Iuli Gerbase.

Continuar a ler “É assim que eu escrevo: Iuli Gerbase, vencedora do Festival Guiões 2015”

A minha participação no Sequelas 2015

Ainda a propósito do Festival Guiões 2016, uma curiosidade que me esqueci de divulgar na altura própria: na edição do ano passado havia uma iniciativa paralela, o Sequelas, que a organização descreveu como uma série de “textos ilustrados, criados por alguns dos mais entusiasmantes criativos de Língua Portuguesa, para homenagear alguns dos mais icónicos elementos da História do Cinema“.

Continuar a ler “A minha participação no Sequelas 2015”

O Festival Guiões 2016 já está no ar

O Festival Guiões, principal evento dedicado exclusivamente à escrita para cinema e audiovisual em língua portuguesa, chega à sua sua terceira edição em 2016.

Este ano vai trazer tudo o que o caracterizou nos anos anteriores – a Competição Oficial, abertura e diversidade das candidaturas, júris de qualidade, actividades paralelas e prémios tentadores – e juntar-lhe algumas novidades: a inclusão da opção de Feedback às obras candidatas à Competição Oficial e também a criação de uma nova competição paralela: a PT Co-Prod.

Uma das principais novidades é o serviço opcional de Feedback, pelo valor fixo de $60: uma análise profissional ao guião/roteiro candidato, que poderá servir para identificação dos pontos fortes e principais lacunas do trabalho submetido. Este serviço adicional, que consiste num levantamento de ideias e comentários sobre a narrativa, personagens e estrutura para ajudar a aperfeiçoar o guião/roteiro em causa, é completamente independente da Competição e não a influencia em nada.

Na competição paralela PT Co-Prod as produtoras de Língua Portuguesa com projectos de longa-metragem em desenvolvimento que procurem co-produtores nos vários países de Língua Portuguesa poderão submeter o respectivo guião para análise. Cinco desses projectos serão seleccionados e terão um destaque especial no Dia da Indústria que será também pela primeira vez promovido durante o Festival Guiões 2016.

Entretanto, a lista de pémios não para de crescer. Para já, o Grande Vencedor da Competição Oficial receberá:

  • Consultoria profissional de roteiro com a Coelho Voador;
  • Destaque especial na Rodada de Negócios do FRAPA – Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre 2017;

Os três principais vencedores da Competição Oficial receberão:

  • Serviço de Script Doctoring patrocinado por Bill Labonia, o Roteirista Empreendedor;
  • Listagem gratuita de 1 guião/roteiro na base de dados InkTip Script Listing: o local onde produtores e representantes poderão encontrar o vosso material. InkTip: Where everyone goes for scripts and writers. Producers have made more than 200 films from scripts and writers they found through InkTip;
  • Subscrição de 1 ano ISA Connect – International Screenwriters Association;
  • Curso Online de Escrita Criativa com Pedro Chagas Freitas;
  • Cópia do livro The Art of Script Editing, de Karol Griffiths (patrocinado pela Kamera Books / Creative Essentials)

Todos os dez finalistas da Competição Oficial receberão:

  • Cópia digital do livro Roteirista Empreendedor, de Bill Labonia;
  • Subscrição gratuita da aplicação TOPDOX.
  • Subscrição de 6 meses ISA Connect – International Screenwriters Association (1 ano os 3 principais vencedores);

Quem quiser mais informações sobre o Festival Guiões 2016 deve consultar o regulamento.

Importante: para quem se inscrever até 14 de Fevereiro haverá uma taxa de inscrição reduzida de $20, que depois disso duplicará para $40. Por isso, se tem um guião/roteiro escrito em Língua Portuguesa, e gostaria de lhe dar divulgação junto da indústria, não se atrase: o Festival Guiões 2016 espera por si.

Festival Guiões entra no segundo ano

Os grandes sucessos do cinema normalmente têm sequelas. O Festival Guiões não vai ser excessão: os resultados positivos do ano passado levaram a organização a realizar uma nova edição do Guiões – Festival Internacional do Guião Cinematográfico de Língua Portuguesa.

Para participar basta escrever e submeter um guião com duração igual ou superior a 50 páginas A4, em Língua Portuguesa. Para submeter a sua candidatura pode consultar toda a informação na secção de Candidaturas do site do Festival.

Veja como os organizadores descrevem o conceito do Festival Guiões:

O GUIÕES nasce para ajudar a resolver três problemas:

1. Os baixos índices de criação e de produção cinematográfica em Língua Portuguesa.
2. A dificuldade que talentosos guionistas de Língua Portuguesa encontram para conseguir chegar a agentes, produtores, realizadores e investidores.
3. As queixas que agentes, produtores, realizadores e investidores fazem da dificuldade em arranjar guiões com potencial, quando normalmente eles próprios não aceitam/lêem submissões de guiões não solicitados.

Posto isto, é principal objectivo do GUIÕES estabelecer-se como um essencial ponto de contacto entre os guionistas de Língua Portuguesa e os agentes, produtores, realizadores e investidores que poderão dar sequência ao material criado.

Ao mesmo tempo, o GUIÕES pretende ser uma alavanca para incrementar os níveis qualitativos de criação e de produção cinematográfica em Língua Portuguesa.

Funcionando como uma espécie de barómetro para o futuro da criação cinematográfica em Língua Portuguesa, através do julgamento qualitativo de todos os guiões submetidos – independentemente do nome do autor correspondente ou do género abordado – e através da elaboração de uma rede de parceiros que se permitam à descoberta de novo material, o GUIÕES pretende marcar um virar de página no processo de criação e de produção cinematográfica em Língua Portuguesa.

O GUIÕES só privilegiará duas coisas: o talento do autor e a qualidade do guião.

O resto é conversa.

Este ano o Guiões tem o atractivo adicional de ter o meu amigo Pedro Varela no júri, o que é mais uma prova, se outra fosse precisa, da idoneidade e seriedade da iniciativa.

Para saber mais sobre o Festival Guiões 2015 leia a página do Regulamento ou consulte as Perguntas Frequentes.