Mais filmagens do Santa Maria

No fim de semana passado fui a Viana do Castelo acompanhar mais uma ronda de filmagens do "Assalto ao Santa Maria". Era suposto ser uma noite de grande animação, com a cena do embarque no porto venezuelano de La Guaira, mas o tempo incerto obrigou-nos a filmar dentro do navio. Foi pena, mas pelo menos tive a oportunidade de conhecer o Camilo Mortágua, um dos assaltantes originais, que nos fez companhia ao almoço e nos encantou com as suas estórias do antes, durante e depois  do assalto, contadas na 1º pessoa.

Cá ficam as fotografias para registo futuro.

Camilo Mortágua, um dos assaltantes originais, explica o conteúdo de algumas fotografias da época ao presidente da câmara de Viana do Castelo, Defensor Moura.

O Gil Eanes no papel de Santa Maria

O Gil Eanes, no papel de Santa Maria

Cena de filmagens

"Querem saber o que vamos fazer? Pois eu digo-vos – vamos fazer uma festa!"

A casa das máquinas do navio, em ambiente infernal…

 

Estes artigos talvez lhe interessem

5 comentários

  • Miguel Brother 15/04/2008   Deixe uma resposta a →

    Gosto muito, mas atenção as fotos estão pesadas (baixa os dpis para 96) e custam a carregar nas páginas com mais de 1.
    Blogue que vai ser refência para quem quiser escrever guiões. Bom Trabalho.

  • Nuno 15/04/2008   Deixe uma resposta a →

    Sou de Caminha e estou com muita curiosidade em ver este filme que esta aqui a ser rodado. Uma dúvida, ou melhor duas. Quando sai em dvd o filme Julgamento e quando é colocada no ar a sua divisão em série de 3 episódios na Tvi?

  • João Nunes 16/04/2008   Deixe uma resposta a →

    Nuno
    estou exactamente na sua situação: tenho muita curiosidade em ver este filme; e não sei quando sai o Julgamento em dvd (para venda, porque para aluguer já saiu), nem quando vai passar na TVI.

  • Raul Santos 13/07/2008   Deixe uma resposta a →

    Estou bastante curioso com o resultado final, pois o meu pai estava a bordo nessa viagem e foi ele que fez as estrelas com que o Galvão se condecorou a bordo. Fê-las sob ameaça de uma arma, ao torno (era torneiro) e foi levá-las numa bandeja ao salão da segunda classe, pois o Galvão nunca sebiu à primeira classe. Pena a imponência do Santa Maria não poder de forma nenhuma ser mostrada pelo Gil Eanes…

  • Olá João Nunes.
    É a primeira vez que comento no teu blog, apesar de já ter visitado várias vezes.
    Andava eu a recolher informação para apresentar este filme no meu blog e vi que eras um dos guionistas, como é óbvio, passei aqui para ver o que tinhas sobre ele.
    Também estou curioso para ver o resultado final deste filme.
    Abraço.

Deixe a sua opinião ou comentário: