O seu sonho é escrever um guião, mas faltam-lhe as bases para isso? Tem uma ideia que daria uma boa estória, mas não sabe por onde começar? Quer realizar um filme, mas não há meio do guião se escrever sozinho?

Não se preocupe – com o Curso de Guião a sua busca chegou ao fim.

Nesta página encontra os artigos do meu curso de introdução à escrita do guião, ou roteiro, de cinema e televisão. Através deles terá uma primeira abordagem às noções básicas de escrita para os meios audiovisuais.

A sua leitura é gratuita e está convidado a explorá-los ao seu ritmo. Se tiver interesse em aprofundar estes conhecimentos num sentido mais prático, convido-o a descobrir, no fim da página, o meu livro “Como Escrever um Argumento de Cinema”.

Mas lembre-se: nada substitui a prática. Para aprender a escrever guiões tem de ver bons filmes, ler muitos guiões e, sobretudo, sentar-se e escrever muitas páginas.

Boas escritas.

Artigos do Curso de Guião

  • Curso #1: Como escrever para cinema e tv
    Encontra aqui o primeiro de uma série de artigos que, aos poucos, irão constituindo um curso básico de escrita de guião.
  • Curso #2: O que é um guião?
    Há quem lhe chame guião e quem prefira argumento; antigamente, era frequente distinguir o argumento dos diálogos; no Brasil fala-se em roteiro. No meio disto tudo, do que é que estamos exactamente a falar?
  • Curso #3: O que é um guião (2)
    Está na hora de vermos na prática o que vamos encontrar nas páginas de um guião.
  • Curso #4: Ideias procuram-se
    Não basta ter uma ideia, mesmo que seja uma boa ideia. É preciso ter uma ideia que queiramos passar à escrita.
  • Curso #5: Encontrar a ideia
    As ideias são o ganha-pão de um guionista. Ajudar a encontrá-las é o objectivo deste quinto artigo do “Curso de Guionismo”.
  • Curso #6: Encontrar a ideia (2)
    Continuamos neste artigo a ver como os guionistas podem arranjar inspiração para as suas obras. Desta vez exploramos a tradição e as adaptações de outras obras.
  • Curso #7: Dar forma à ideia

    O Curso Rápido de Guião regressa com mais um artigo. Depois de encontrar a ideia certa para o guião que queremos escrever, chega a altura de começar a dar-lhe forma. Para isso temos de descobrir qual a questão dramática da nossa estória, e que elementos a compõem.

  • Curso #8: Dar forma à ideia – loglines
    Entre a primeira versão de uma ideia, que está apenas na nossa cabeça, e a sua versão final escrita na forma de guião, uma estória pode ser materializada de várias formas, progressivamente mais complexas. Neste artigo descrevo a primeira delas, a logline.
  • Curso #9: Conflitos e surpresas
    Um bom filme coloca no início uma questão dramática forte que o espectador vai querer ver respondida antes do final. Mas o que vem a seguir?
  • Curso #10: O enredo
    Seleccionar e organizar os acontecimentos que compõem um enredo, de uma forma económica e atractiva, é uma das principais tarefas do guionista. É sobre ela que nos vamos debruçar neste artigo.
  • Curso #11: Estruturar a ideia
    Estrutura. O conceito não é fácil de explicar, pois está muito intimamente relacionado com o enredo. Mas neste novo artigo do Curso Rápido de Guião vou fazer uma tentativa.
  • Curso #12: O protagonista
    Quem não gostaria de ter escrito já um personagem tão fascinante como Michael Corleone? Neste artigo do Curso explico porque é que um bom protagonista não tem de ser um protagonista bom.
  • Curso #13: O antagonista
    Falamos do antagonista – a principal força opositora ao protagonista.
  • Curso #14: os personagens complementares
    Não há bons filmes sem bons personagens complementares. Vamos hoje falar deles.
  • Curso #15: O mecanismo de progressão dramática
    Em mais um artigo do Curso de Guião descrevo o mecanismo de progressão dramática que faz funcionar as estórias construídas segundo o modelo clássico de narrativa.
  • Curso #16: Criar um personagem
    Neste novo artigo do Curso de Guião vemos como descobrir as caraterísticas que definem os nossos personagens.
  • Curso #17: a gestão da informação
    Gerir o fluxo de informação de uma estória é, talvez, a mais importante tarefa de um guionista. Neste artigo do Curso analiso esse tema.
  • Curso #18: as ferramentas dramáticas
    O guionista tem à sua disposição um grande número de ferramentas dramáticas que lhe permitem fazer a gestão da informação, à medida das suas necessidades. É sobre elas que falo neste novo artigo do curso de guião.
  • Curso #19: do storyline ao guião
    A maior parte dos guionistas não começa a escrever um guião a partir do zero. Loglines, sinopses, tratamentos e outlines, ou escaletas, são as ferramentas que usa nesse processo. Descubra-as aqui.
  • Curso #20: escrever o 1º ato
    Neste artigo e nos próximos dois vamos analisar, passo a passo, quais os principais desafios com que um guionista se depara na escrita de cada um dos três atos que compõem um guião de estrutura dita “clássica”: Exposição, Complicação e Resolução.
  • Curso #21: escrever o 2º ato – parte um
    Neste artigo analisamos os desafios próprios da escrita do 2º ato de um filme de modelo tradicional.
  • Curso #22: escrever o 2º ato – continuação
    O 2º ato de um filme – aquela parte que já não é o início mas ainda não é o fim – é tradicionalmente a parte mais difícil de escrever. Neste artigo terminamos de analisar as suas componentes essenciais.
  • Curso #23: Escrever o 3º ato
    Os últimos minutos de um filme – o 3º ato – são os mais importantes e os que perduram na memória dos espectadores. Com este artigo dedicado ao 3º ato chegamos ao fim da análise do modelo clássico de estrutura em três atos.
  • Curso #24: A Viagem do Herói
    Um dos modelos estruturais alternativos, de que se tem falado muito nas últimas décadas, é a chamada Viagem do Herói. É esta ferramenta que vamos conhecer hoje.
  • Curso #25: As estruturas alternativas do guião – parte um
    Neste novo artigo do curso, primeiro de uma série de três, vou abordar algumas estruturas de guião que fogem ao modelo clássico que tem sido estudado neste curso.
  • Curso #26: as estruturas alternativas – parte dois
    Finalmente, o curso de guião chega ao fim, com um artigo há muito prometido.

Se gostou deste Curso de Guião o meu livro “Como Escrever um Argumento de Cinema” pode ser um passo seguinte para colocar na prática o que aprendeu nestes artigos.

Já disponível nas lojas Amazon

“Como Escrever um Argumento de Cinema” é uma introdução à escrita para cinema, televisão e audiovisual em geral.
Tem uma ideia que gostaria de ver transformada num filme? O primeiro passo é escrever o argumento desse filme, também chamado de guião ou roteiro de cinema.

VERSÃO EBOOK

Como Escrever
um Argumento
de Cinema

Description

VERSÃO IMPRESSA

Como Escrever
um Argumento
de Cinema

Description

Fotografias de camilo jimenez (capa) e Nathalia Segato (artigo 3) on Unsplash