Vivemos de acordo com as ficções em que acreditamos

“Vivemos de acordo com as ficções em que acreditamos. Quanto mais rica for a produção de mitos, heróis e personagens de um país, mais rico é esse país. Seria interessante, por um lado, [produzir] informaçao diversificada, viva, polémica, a várias vozes, e,por outro, ter conteúdos de programação, produzidos nacionalmente, que falem do nosso património, fazer mais documentários, mais filmes, mais séries, e não se reduzir tudo na telenovela. Isso era óptimo para enriquecer a imaginação e a memória dos portugueses.” –Nuno Artur Silva, in Pública, 18 de abril de 2010

Continue a Ler

Nuno Artur Silva: ao autor desconhecido

O Nuno Artur Silva, que é um dos mais acérrimos promotores dos autores portugueses, também se juntou ao coro de protestos contra o Prémio Autores RTP/SPA. Recordo que nesse prémio, nas categorias de teatro, cinema e televisão, não foram premiados os dramaturgos e guionistas, autores primeiros das obras distinguidas, mas sim os produtores e atores.

Continue a Ler