Filmagens de “O assalto ao Santa Maria”

Carlos Paulo

Carlos Paulo no papel de Henrique Galvão

Começou a rodagem do filme “Assalto ao Santa Maria”, cujo guião eu escrevi a partir de uma versão prévia do Vicente Alves do Ó. O filme é realizado por Francisco Manso e produzido por José Mazeda, através da Take 2000.

As primeiras filmagens tiveram decurso na semana passada, com alguns bairros do Barreiro a passar pela Caracas dos fins de 1960. Encontramos aí o capitão Henrique Galvão, interpretado por Carlos Paulo, no processo de reunir e preparar os conspiradores que vão, poucos meses depois, efectuar o primeiro sequestro de um navio por motivos políticos. A eles se juntará Zé, interpretado por Pedro Cunha, o protagonista da história de amor que está no centro do filme.

Aqui ficam mais algumas fotografias de um dia de filmagens.

Esplanada

Uma esplanada em Caracas?

Figurantes

Figurantes

Um quarto de pensão operária

A pensão onde Zé vive

Francisco Manso

O realizador, Francisco Manso

José Mazeda e Francisco Manso

O produtor, José Mazeda, com Francisco Manso

Filmagens de “O assalto ao Santa Maria”

Este Artigo Tem 8 Comentários

  1. maria Guimil

    Olá.
    Quando há uns minutos atrás falei com a minha amiga Mayre sobre um livro de Dominique Lapierre sobre Henrique Galvão, não resisti à tentação de catar mais informações sobre a questão do Santa Maria. Ancorei neste blog:-)Desconhecia a existência deste registo :-(
    Abraço

    Maria

  2. maria Guimil

    Olá, outra vez.
    O Francisco Manso é o autor do “Diário de Link” ? (li há uns anos e fiquei a detestar ainda mais a ideia de ter que viver naquelas paragens).

    Algum tempo depois li outro livro em que as personagens eram uns gatos a viver no sótão de um teatro em Braga. Estarei a fazer alguma confusão?

    Abraço.
    Maria

  3. ines

    eu fui figurante no filme e adorei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller que gosta de ajudar os outros a contar as suas próprias estórias. Divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal e já escreveu mais de 3500 páginas de guiões produzidos de curtas e longas metragens, telefilmes e séries de televisão.