Anunciados os nomeados dos Prémios da Academia Portuguesa de Cinema 2019

Os Prémios Sophia são atribuídos todos os anos pela Academia Portuguesa de Cinema, em 23 categorias diferentes.

Resultam da votação dos membros da própria Academia, todos eles profissionais do cinema e do audiovisual português, como forma de reconhecimento pela excelência nas diversas áreas da sétima arte.

Os nomeados para os prémios de 2019 foram conhecidos recentemente.

Destacou-se o filme “Parque Mayer”, com 17 nomeações, incluindo as de Melhor Filme, Melhor Realizador e Melhor Argumento Original. Seguiram-se “Pedro e Inês”, com 10 nomeações; “Cabaret Maxime” e “Soldado Milhões”, com 9 nomeações; “Raiva”, com 8 nomeações; e “Ruth”, com 7 nomeações.

Na categoria de Argumento, as escolhas da Academia foram as seguintes:

Melhor Argumento Original

  • “Cabaret Maxime”, escrito por Bruno de Almeida e John Frey.
  • “Soldado Milhões”, escrito por Jorge Paixão da Costa e Mário Botequilha.
  • “Ruth”, escrito por Leonor Pinhão.
  • “Parque Mayer”, escrito por Tiago R. Santos.

Melhor Argumento Adaptado

  • “Pedro e Inês”, escrito por António Ferreira e Glória M. Ferreira, adaptado do livro “A Trança de Inês” de Rosa Lobato de Faria.
  • “O Caderno Negro”, escrito por Carlos Saboga, adaptado do “Livro Negro do Padre Dinis” de Camilo Castelo Branco.
  • “Aparição”, escrito por João Milagre e Fátima Ribeiro, adaptado da obra homónima de Virgílio Ferreira.
  • “Raiva”, escrito por Sérgio Tréfaut e Fátima Ribeiro, adaptado da obra “Seara de Vento” de Manuel da Fonseca.

A Cerimónia de entrega dos Prémios Sophia 2019 irá realizar-se no próximo dia 24 de Março, no Casino Estoril, e será transmitida pela RTP2. A lista completa dos nomeados pode ser encontrada no site da Academia.

Anunciados os nomeados dos Prémios da Academia Portuguesa de Cinema 2019

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller que gosta de ajudar os outros a contar as suas próprias estórias. Divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal e já escreveu mais de 3500 páginas de guiões produzidos de curtas e longas metragens, telefilmes e séries de televisão.