“Se algum dia se desse a situação da Alfred A. Knopf ser a última editora remanescente no mundo e eu ser o último escritor, isso marcaria o fim do mundo dos livros.”

Carta de Norman MacLean, recusando com firmeza e classe uma solicitação de manuscrito de Charles Elliot, editor da casa Alfred A. Knopf.

Via: Lapham’s Quarterly

“Se algum dia se desse a situação da Alfred A. Knopf ser a última editora remanescente no mundo e eu ser o último escritor, isso marcaria o fim do mundo dos livros.” — Norman MacLean, em carta recusando com firmeza e classe uma solicitação de manuscrito de Charles Elliot, editor da casa Alfred A. Knopf.

Este Artigo Tem 4 Comentários

  1. Caro João,

    podia ver o que se passa com feed rss do seu blogue?
    Já há algum tempo que o google reader deixou de me mostrar os seus posts. O que vale é que também o sigo através do twitter, caso contrário, teria perdido uma série de textos.
    Verifiquei o feed rss (http://feeds.feedburner.com/joaonunescom) e pude constatar que, também aí, não há notícia dos posts que escreveu desde 12 de Março.
    Será um bug do wordpress?

    Cumprimentos,
    F.

    1. João Nunes

      Obrigado pelo alerta. É um problema sério, que ainda não tinha detectado. Vou tentar resolvê-lo o mais depressa possível.

    2. João Nunes

      Penso que já consegui resolver o problema, embora não saiba exatamente como ;)

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller que gosta de ajudar os outros a contar as suas próprias estórias. Divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal e já escreveu mais de 3500 páginas de guiões produzidos de curtas e longas metragens, telefilmes e séries de televisão.