Uma revisão do ano de 2014

Em janeiro o blogue vai comemorar 10 anos de existência. São já 1366 artigos publicados, 2882 comentários de leitores (sem contar com 64.556 de spam) e 1.056.274 visualizações (sim, mais de um milhão, e só desde que comecei a controlar essa estatística). Para mim, estes números são um motivo de orgulho e de motivação.

Alguns números do ano

Desde janeiro de 2014 publiquei 70 artigos, o que dá uma média de 1,3 por semana. Tive 148.329 visualizações de 60.133 visitantes e recebi 94 comentários de leitores.

Os países onde o blogue foi mais lido no último ano são o Brasil e Portugal, quase empatados, seguidos dos Estados Unidos, Angola, Moçambique, Reino Unido e Cabo Verde. A presença em força dos países lusófonos é uma alegria, a de dois anglófonos uma grata surpresa (que agradeço aos nossos emigrantes).

Os artigos mais populares

O mais curioso da atividade de 2014 é que os cinco artigos mais lidos foram todos publicados em anos anteriores:

Dos artigos originais publicados em 2014, os mais lidos foram os seguintes:

  • Baixe legalmente 77 guiões de cinema

  • Pedro Varela: é assim que eu escrevo

  • Os doze princípios da animação

  • Como escrever uma cena

  • Isto confirma que o blogue constitui um arquivo de referência de material sempre útil, e é um incentivo para que em 2015 eu publique mais artigos de profundidade e entrevistas.

    Gostaria de destacar o artigo mais recente que publiquei, que me é muito grato: o Manifesto do Guionista.

    Tu não és gui­o­nista por­que alguém te deu um diploma, ou um passe, ou auto­ri­za­ção para o ser. És gui­o­nista por­que tens o cora­ção e a cabeça cheios de estó­rias, e não tens outra alter­na­tiva senão contá-las.

    É um pequeno texto que espero nos possa inspirar a todos durante o ano de 2015 que agora se avizinha. Publiquei-o para recordar a mim próprio as verdadeiras razões porque escrevo. Se quiser acrescentar mais algumas, os comentários estão à sua disposição.

    A newsletter

    Este foi também o ano em que a minha lista de email ultrapassou os 2.000 assinantes, o que me impede efectivamente de fazer o envio automático semanal. Isso implicaria um custo adicional que o blogue, que não tem rendimentos próprios, não pode suportar. Como tal o envio da newsletter tem sido muito irregular, situação que tentarei normalizar durante o próximo ano.

    Uma solução para essa normalização seria um patrocínio publicitário. Se tiver interesse em publicitar algum produto, serviço ou evento relacionado com cinema ou escrita, por favor contacte-me para ver as condições.

    Os subscritores actuais podem ficar descansados – isto só vai acontecer se encontrar um patrocinador adequado (leia-se, útil e relevante); e terão sempre a possibilidade de deixar a lista se essa solução não lhes agradar.

    Agradecimentos especiais

    Quero terminar com três agradecimentos especiais.

    Em primeiro lugar, a todos os leitores e visitantes do blogue. São vocês a sua razão de ser, e a vossa fidelidade mostra-me que estou no bom caminho. Como agora se diz no Facebook, “Obrigado por ter contribuído para este ano”.

    Agradeço especialmente ao Berni Ferreira, Pedro Ribeiro, Rogério Amorim, Rosa e Felipe Petrucelli, que são os leitores que mais têm enriquecido o blogue com os seus comentários e reflexões. Espero continuar a contar com a vossa presença e generosidade.

    Finalmente, agradeço também aos sites Roteiro de Cinema, Dicas de Roteiro, Curso de Cinema , A Vontade de Regresso e Rede Nave por continuarem a remeter novos leitores para o blogue.

    Ficam os meus votos de que 2015 seja um grande ano para todos nós. Pela minha parte prometo que vou continuar por aqui.

    Uma revisão do ano de 2014

    Este Artigo Tem 3 Comentários

    1. Rafael Santos

      Bom ano, João. É sempre um prazer visitar este site. Aprecio especialmente os artigos sobre técnicas de escrita, sempre cheio de dicas válidas. Continuação de bom trabalho.
      PS: Para quando o regresso do Fre­ne­si­De­Es­crita? Foi uma bela iniciativa em 2013, uma que desejaria que se repetisse.
      Abraço e feliz 2015!

      1. João Nunes

        Obrigado, Rafael. Um bom ano para ti também. Quanto ao Frenesi, o problema é que estou em falha com os vencedores da 1ª edição – ainda não lhes dei o prémio prometido :( Não quero organizar outro sem resolver primeiro isso. Mas como vou ter que o fazer muito em breve, talvez 2015 seja o ano para um novo Frenesi…

    2. Berni Ferreira

      Apesar de ficar sensibilizado, eu é que tenho de agradecer o espírito generoso e persistente com que o João vai construindo este blog (que se mantém numa forma muito recomendável) e a atenção com que trata os seus leitores. Continuo a achar que este é um excelente recurso para quem deseja aprender guionismo e envolver-se nesse mundo.

      Um abraço e continuação de um bom trabalho!

    A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    João Nunes

    João Nunes é um autor, guionista e storyteller que gosta de ajudar os outros a contar as suas próprias estórias. Divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal e já escreveu mais de 3500 páginas de guiões produzidos de curtas e longas metragens, telefilmes e séries de televisão.