quatro aplicativos de escrita

Quatro aplicativos de escrita essenciais para um guionista

Entre a pré-escrita e a produção há quatro aplicativos que são indispensáveis para mim e que uso quase diariamente. Penso que qualquer guionista terá a ganhar em usar estas ferramentas, ou outras equivalentes.

Introdução

Já lá vai o tempo em que os guionistas passavam os dias debruçados sobre os teclados das suas máquinas de escrever. Conta-se até que o presidente de um dos grandes estúdios de Hollywood invadia os gabinetes dos seus autores sempre que deixava de ouvir o matraquear das teclas.

No nosso mundo digital essa obsessão de controle seria impossível: os guionistas há muito que trocaram as máquinas de escrever mecânicas por uma panóplia de ferramentas informáticas que tornam as nossas vidas de autores menos românticas mas, seguramente, mais fáceis.

Para a pesquisa – Evernote

O Evernote é um bloco de notas digital versátil e incrivelmente poderoso. Tem versões em todos os sistemas operativos, e para todas as plataformas, desde a web ao telemóvel.

O Evernote permite criar ou capturar todo o tipo de notas, desde simples blocos de texto até páginas web inteiras, passando por registos de áudio, fotografias, documentos em pdf, vídeos, e até notas manuscritas, que o programa se encarrega de transcrever para texto pesquisáveis.

aplicativos de escrita-evernote

Evernote

Todas as anotações do Evernote são organizadas em cadernos e catalogadas com etiquetas, ficando guardadas na nuvem, onde podem ser acedidas a partir de qualquer plataforma. Uma poderosa ferramenta de busca interna garante que qualquer nota é encontrada com grande rapidez e simplicidade.

Eu uso o Evernote praticamente todos os dias, para anotar ideias, arquivar documentos, ou guardar páginas da web, através de uma extensão do browser (Chrome, Safari ou outros).

O Evernote é uma ferramenta de pesquisa incrível, para onde podemos atirar toda a informação que encontramos, recolhemos ou produzimos sobre os temas que estamos a estudar.

O Evernote tem uma versão gratuita, com algumas limitações, que servirá para a maior parte dos utilizadores. Eu assino um plano pago, mas apenas para ajudar a manter o aplicativo em funcionamento.

Para a escrita – Scrivener

O Scrivener é uma impressionante máquina digital de produção de textos de todas as dimensões e feitios. É tão adequado para escrever um artigo de blogue como um romance épico, uma short story como uma comédia musical. E, obviamente, é perfeito para escrever guiões, sendo o aplicativo que eu atualmente uso para todos os meus projetos.

aplicativos de escrita-scrivener

Scrivener

Não me vou alongar sobre o Scrivener, porque em breve vou publicar uma série de artigos sobre o seu uso na escrita de guiões. Se tiver interesse num aplicativo que pode realmente mudar a sua maneira de escrever, siga esse pequeno curso a partir da próxima sexta-feira.

Para a produção – Final Draft

O Final Draft é o programa de escrita de guiões “oficial” em todo o mundo. Milhares de guionistas e empresas de produção usam-no para finalizar a maior parte dos filmes que vemos nas telas de cinema.

aplicativos de escrita-final draft

Final Draft

Não acho que o Final Draft seja o melhor programa para escrever um guião desde o início. Prefiro soluções mais completas e versáteis, como o já referido Scrivener, ou então mais simples e minimalistas como o Slugline.

Mas o Final Draft é o programa que definiu como funcionam todos os processadores de guiões. Tem também uma série de funcionalidades úteis para a preparação de shooting scripts que não encontramos em mais programa nenhum, e que acabam por torná-lo indispensável.

Como é um programa caro, não o recomendo como primeira escolha para um guionista. Mas quem queira seguir esta profissão terá, mais tarde ou mais cedo, de adquirir a sua cópia do Final Draft. É uma espécie de ritual de passagem.

Não vou escrever mais sobre o Final Draft, pois já publiquei aqui no blogue um extenso tutorial sobre ele. Se quiser perceber como funciona um processador de texto especializado na escrita de guiões, recomendo a sua leitura.

Para a segurança – Dropbox

Finalmente, o Dropbox é o quarto aplicativo que recomendo a todos os escritores. Não é um programa de escrita, mas sim um seguro de vida para os nossos textos.

O Dropbox é um aplicativo que nos permite guardar na nuvem uma cópia de todos os nossos documentos. Basta gravá-los numa pasta por nós previamente definida no computador e o Dropbox encarrega-se de salvá-los na nuvem, sem qualquer esforço ou preocupação adicional. Este automatismo é a sua principal vantagem.

aplicativos de escrita-dropbox

Dropbox

Já escrevi sobre o Drpbox num artigo sobre os meus processos de backup, mas é impossível não voltar a recomendá-lo. Com o Dropbox podemos aceder aos nossos ficheiros a partir de outros computadores, ou até partilhá-los com quem quisermos. Mas o principal interesse do aplicativo é mesmo fazer uma cópia de segurança instantânea de tudo o que escrevemos.

Podem roubar-nos o computador; o hard drive pode avariar-se (o que acontecerá mais cedo ou mais tarde); a casa pode arder; mas os nossos documentos continuam a são e salvo na nuvem, acessíveis a partir de qualquer computador. Se escrevemos profissionalmente, temos a obrigação de procurar a segurança que o Dropbox proporciona; os nossos clientes não podem depender da nossa sorte.

O Dropbox tem planos gratuitos e pagos. Se o usarmos apenas para documentos de texto, que ocupam pouco espaço, o plano gratuito será mais do que suficiente. Eu tenho um plano pago, mas apenas pela mesma razão que indiquei relativamente ao Evernote: é uma forma de garantir que o programa não acaba e continua a melhorar permanentemente.

Se quiser assinar o Dropbox (mesmo a versão gratuita) peço-lhe que use este link. Não tem nenhum custo acrescido para si e eu ganho mais espaço adicional no meu plano :-)

Conclusão

Da mesma forma que, durante mais de cem anos, foram terminados centenas de milhares de guiões apenas com máquinas de escrever, hoje continua a ser possível escrever guiões à mão, como o Quentin Tarantino, ou, como muitos guionistas ainda fazem, apenas com o Word (cruz credo…). Mas se temos opções melhores, que a médio prazo nos facilitam a vida, dão mais segurança e aumentam a produtividade, porque não experimentá-las?

Pergunta aos leitores

Qual é a sua combinação favorita de programas para a escrita de guiões? Se quiser partilhá-la com os outros leitores indique-a nos comentários abaixo.

Estes artigos talvez lhe interessem

4 comentários

  • LIDIANE SABRINA LOPES DA SILVA TISATTO 17/04/2018   Deixe uma resposta a →

    Estou usando um software que está me ajudando muito o melhor que já usei, se chama Homunk, e totalmente em português e bem fácil de usar. Quem tiver interesse em conhecer acesse Homunk.studio vale super a pena.

    • Obrigado pela partilha, Lidiane, não conhecia. Sabe dizer-me que funcionalidades o programa oferece para guionistas/roteiristas? No site é referido, mas não vem qualquer informação mais específica.

      • Rodrigo T. 06/11/2018  

        Olá João, o Homunk na verdade pretende somar as funções dos 4 programas que você citou: ele parte da organização de tópicos semelhante ao scrievener, mas com funções de destaque de personagens e lugares, e uma sistemática de formatação semelhante ao markdown (mas especializada). Você tem catálogo de personagens e lugares, podendo inserir variações de nomes e referências pra o programa reconhecer. Após isso você tem coisas como mapas de trechos onde o personagem ou o lugar aparecem no texto, alterações globais de nomes, impressão de rascunhos, exportação em diversos formatos (podendo marcar os tópicos a exportar), visualização de alterações entre versões de um mesmo tópico, reorganização de tópicos, etc. Ele permite também registrar e organizar ideias, notas e links de pesquisa, tudo dentro do mesmo arquivo do projeto. Para a parte do backup, hoje ele permite exportar o projeto para um arquivo (poderia estar na sua pasta DropBox por exemplo), mas em breve teremos função de backup automático para a Internet e várias funções. Especificamente para roteiristas acredito que os drafts com várias composições, os mapas de “aparecimento” dos personagens em tópicos ou cenas e a organização do texto em pastas são as funções principais hoje. Penso em adicionar um assistente de diálogos também. Como é um software totalmente nacional (criado pela minha empresa), sugestões são bem vindas sobre necessidades mais específicas do seu trabalho. Se você tiver vontade de testar posso lhe ceder uma licença, só me contatar no e-mail. No blog do Nano Fregonese tem mais comentários em um artigo. Abraço!

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: