Se não viu “O Julgamento” leia o guião

O filme “O Julgamento”, cujo guião eu escrevi a partir de uma ideia original do roteirista brasileiro Izaías Almada, e de um guião de Vicente Alves do Ó,  já saiu das salas. Ainda não sei os resultados finais de bilheteiras, mas devem ter estado perto do esperado para um filme com a temática deste.

Quem acompanhe as trajectórias dos filmes portugueses terá percebido que a crítica se dividiu em relação a “O Julgamento”. Alguns críticos, como os da Visão, Jornal de Notícias e Expresso, foram muito positivos nas suas avaliações do filme. Outros, como os do Diário de Notícias, Público (e também o Expresso) foram extremamente negativos.

As críticas valem o que valem, são sempre uma opinião dos seus autores e, como foi o caso, muitas vezes contradizem-se entre si. O melhor é não dar muita importância nem às más nem às boas.

Por isso, e enquanto não sai o DVD do filme, deixo aqui a última versão do guião em .pdf . Assim poderão ler e fazer o vosso próprio julgamento (o trocadilho é intencional).

Se não viu “O Julgamento” leia o guião

Este Artigo Tem 2 Comentários

  1. passarola

    mais uma vez, obrigada por mais esta aula! Eu gostei muito de o ler, li-o todo de seguida, sempre com uma sensação de que as personagens estavam a ir por um caminho sem saída e fui sendo surpreendida pela soluções encontradas. Foi mesmo bom ter encontrado este site! :)

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller que gosta de ajudar os outros a contar as suas próprias estórias. Divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal e já escreveu mais de 3500 páginas de guiões produzidos de curtas e longas metragens, telefilmes e séries de televisão.